conecte-se conosco


CAMPINA DA LAGOA

5 doenças que garantem aposentadoria pelo INSS com qualquer idade

Publicados

em

5 doenças que garantem aposentadoria pelo INSS com qualquer idade

O INSS considera essas doenças como direitos para aposentadoria. Veja, neste artigo, quais são elas!
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é o órgão responsável por amparar os trabalhadores quando, por alguma razão, eles precisam se afastar das suas atividades profissionais. Com isso, quando se trata de aposentadoria por invalidez, existem algumas doenças que garantem o benefício, mas que são desconhecidas por muitas pessoas.
Todavia, é importante lembrar que o trabalhador deve ter o tempo de contribuição estipulado pelo órgão para poder se aposentar. Dessa forma, no caso da aposentadoria por invalidez, é necessário que haja pelo menos 12 meses de contribuição para à Previdência Social.

Além disso, é preciso que o contribuinte apresente os laudos e exames médicos que confirmam o diagnóstico de saúde. Sendo assim, continue lendo esse artigo até o final para conhecer quais são as 5 doenças que garantem aposentadoria pelo INSS.

 


Confira a seguir!
Síndrome da Imunodeficiência Adquirida – AIDS
Por afetar o sistema imunológico e tornar o organismo mais vulnerável para as doenças infecciosas, a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é considerada uma doença grave e, portanto, dá direito à aposentadoria por invalidez.

Leia Também:  A administração municipal convida a população para o projeto Verão na praça

Contaminação por radiação
As pessoas que estão, constantemente, expostas à radiação podem ser contaminadas ao longo do tempo. Como resultado isso pode provocar graves complicações para a saúde, como o mau funcionamento do sistema respiratório e outros órgãos. Assim, essa condição também dá direito à aposentadoria.
Espondiloartrose anquilosante

A espondiloartrose anquilosante é uma doença crônica que provoca uma grave inflamação nas articulações. Especialmente nos joelhos, tórax e quadris. Com isso, a pessoa tende a sentir muitas dores e dificuldade de se locomover. Por essa razão, o INSS também garante amparo para essa doença.
Hepatopatias graves garantem aposentadoria pelo INSS
As hepatopatias graves também fazem parte da lista das doenças que garantem aposentadoria pelo INSS. Isso porque, essas doenças provocam deficiências agressivas tanto para o fígado, quanto para todo o corpo, as quais afetam a qualidade de vida dos indivíduos.

Cardiopatias graves
Por fim, as doenças graves do coração também garantem acesso ao benefício. Isso porque, elas afetam o bom funcionamento do coração e podem debilitar o indivíduo a níveis irreversíveis.
Via: Rotas de Viagem

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAMPINA DA LAGOA

Mulher acorda acreditando ter 6 anos e acusando marido de sequestro

Publicados

em

A britânica Chloe Barnard teve um derrame aos 19 anos e desde então tem episódios recorrentes de esquecimento

Na Inglaterra, uma mulher adulta acordou pensando ser uma criança de 6 anos raptada pelo próprio marido. Chloe Barnard, de 29 anos, sofre de amnésia desde os 19 e tem episódios de esquecimento com intervalo de meses.

No último caso, Chloe acordou sem reconhecer onde estava. Acreditando ter 6 anos, a garçonete também não soube quem era o marido quando o viu.

“Meu marido estava no sofá com o cachorro, que eu não sabia que era meu. Sentei na escada e falei: ‘Quem é você e quem é esse cachorro? Quero minha mãe e meu pai’”, contou em entrevista ao jornal britânico Daily Motion.

Para ela, o marido James Cavill, 39, era um sequestrador. Casado com ela há nove anos, James ligou para os pais da mulher, que acalmaram e pediram que dormisse.

“Meu marido se deitou. Eu disse que não ia ficar deitada com ele e fiquei em pé com um bichinho de pelúcia. Tentei ligar para a polícia, mas ele pegou meu telefone”, lembrou.

Leia Também:  A administração municipal convida a população para o projeto Verão na praça

De acordo com Chloe, ela passa por casos de esquecimento quando está estressada ou com privação de sono. Ela teve um derrame aos 19 anos e os médicos acreditam ter sido a causa da perda de memória.

Por CRN1

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA