conecte-se conosco


Geral

A nova superfruta: fortalece a próstata, combate o diabetes e previne o câncer!

Publicados

em

Golden berry, também conhecida como fisális (Physalis peruviana) é uma fruta silvestre que tem o formato de uma concha delicada, muito parecida com a textura de um papel.


Dentro dessa “concha”, há um fruto redondinho, amarelo e de sabor meio doce, meio azedo.
A golden berry é um membro da família das solanáceas e pode ser considerada uma parente do tomate.
É uma rica fonte de potássio, mineral importante para uma dieta saudável.
Para quem não sabe, a golden berry é natural da América do Sul e está sendo bastante procurada, graças aos benefícios que oferece à nossa saúde.
Regiões andinas, como o Peru e a Colômbia, conhecem o fruto desde o tempo dos incas, que o plantavam no Vale Sagrado.

 

 

Foi a partir do século XVIII que a planta começou a ser conhecida pelo mundo.
Os maiores consumidores hoje são a Alemanha e a Inglaterra.
Porém, plantações podem ser encontradas na Colômbia, Equador, Califórnia, Austrália, África do Sul, Quênia, Egito, Índia, Ásia, Caribe, Havaí e até aqui no Brasil.
Se você tiver a oportunidade de sair do país, talvez se depare com outros nomes, como “manto Aguay”, como os peruanos costumam chamar; capulí, comum na Bolívia; uchuva, na Colômbia, cerejas de Judas, na Venezuela…
O nome “golden berry” é inglês, mas é bem conhecido entre os falantes de língua portuguesa, assim como fisális.
As propriedades medicinais da fruta são incríveis.

Veja:
– Excelente fonte de provitamina A, C e do complexo B
– Fornece energia, que é indispensável para as crianças, os atletas e os estudantes
– É rica em proteína e fósforo, que são ótimos para o crescimento, desenvolvimento e funcionamento dos diversos órgãos do corpo
– É diurética e ajuda a eliminar toxinas do corpo
Gostou?
Ela pode ser consumida sozinha ou da forma que cada um quiser.
No Peru e na Colômbia, por exemplo, é comum acrescentá-la em iogurtes, sorvetes, doces, bolos e licores.
Além do sabor, a frutinha é muito querida por deixar qualquer decoração de comida muito mais elegante.

Leia Também:  A prefeita Suely Alves Pereira Silva, já definiu a logo da edição 2020 da Expo Rancho. Dias 06,07 e 8 de março

Conheça outros benefícios:
Purifica o sangue
– Previne a catarata
– Alivia infecções na garganta
– Ajuda a controlar o diabetes
– Fortalece a próstata
– Tem efeito relaxante, graças ao teor de flavonoides
– Combate bactérias e amebas do corpo
– Trata câncer de estômago
– Previne câncer de cólon e intestino
– Alivia sintomas de bronquite
– Acaba com a fadiga mental
– Diminui os níveis de colesterol no sangue
– Promove a cicatrização de feridas.
– Reduz os sintomas da menopausa.
– Combate a constipação
Todos esses benefícios só podem ser desfrutados a partir do consumo da fruta.
Mas é importante saber que o consumo em excesso pode causar dores no estômago, por causa do grau de acidez

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Grupo é autuado em mais de R$ 3 mil por pescar dourados no rio Piquiri ‘Corredeira do Apertado’

O pescado foi doado ao lar São Vicente de Paulo, de Umuarama

Publicados

em

Atividade predatória ocorria na área conhecida como ‘Corredeira do Apertado‘, em Formosa do Oeste

A pesca de dourado foi proibida por oito anos nos rios paranaenses pelo risco de extinção


Três moradores de Assis Chateaubriand foram flagrados pela Polícia Ambiental com exemplares de dourado, cuja pesca é proibida, no rio Piquiri, na noite desta terça-feira (24).
A abordagem ocorreu na área conhecida como ‘Corredeira do Apertado’, nas imediações de uma Área de Proteção Permanente (APP), em Formosa do Oeste.

 

O grupo estava com três exemplares, que totalizaram mais de 26 quilos. A contravenção resultou em três autos de infração ambiental, no valor de R$ 1,2 mil cada. Ainda são cabíveis sanções criminais por parte do Ministério Público.
O pescado foi doado ao lar São Vicente de Paulo, de Umuarama

(Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)/ P. Umuarama

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Paraná tem o 2º menor número de mortes em rodovias federais em dez anos
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA