conecte-se conosco


JURANDA

A rede de iluminação pública do trecho Juranda a Vila Rural foi deslocada para a lateral da pista de caminhada

Os palanques de proteção estão sendo instalados no trecho ligando a Vila Rural à sede de Juranda em toda a extensão lateral da pista de caminhada e ciclismo

Publicados

em

A Prefeitura de Juranda iniciou nessa semana a instalação de palanques de proteção junto à pista de caminhada e ciclismo no trecho ligando Vila Rural Alto Alegre a sede de Juranda, no trecho em que foi implantado calçamento com pedras irregulares, além de diversas outras obras de melhorias naquele trecho que envolveu inclusive o deslocamento da rede de iluminação para a lateral da pista de caminhada e ciclismo.

Mais uma importante obra que vai beneficiar principalmente os moradores da Vila Rural que na atual administração da prefeita Leila Amadei vem recebendo incontáveis benefícios através da prefeita Leila Amadei.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dois homens são presos com três menores em motel de Juranda
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

JURANDA

Indústria cresce 1,2% em novembro, diz IBGE

Publicados

em

O setor acumula alta de 40,7% em sete meses.

A produção industrial brasileira cresceu 1,2% em novembro, sétimo mês seguido de alta, informou nesta sexta-feira (8) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O setor acumula alta de 40,7% em sete meses.

Com isso, eliminou a perda de 27,1% registrada entre março e abril. No ano, porém, a indústria nacional apresenta queda de 5,5%. No acumulado de 12 meses até novembro, a perda é de 5,2%. Os dados são da PIM (Pesquisa Industrial Mensal).

Em comparação com seu nível recorde, alcançado em maio de 2011, indústria se encontra 13,9% abaixo.

Segundo o IBGE, o avanço da da atividade industrial na passagem de outubro para novembro de 2020 alcançou todas as quatro grandes categorias econômicas e 17 dos 26 ramos pesquisados.

Mais uma vez, a principal influência foi do segmento de veículos automotores, reboques e carrocerias, com alta de 11,1% . O segmento acumulou alta de 1.203,2% em sete meses consecutivos de crescimento na produção, superando em 0,7% o patamar de fevereiro.

Leia Também:  Após 800 anos, fenômeno “Estrela do Natal” será visível em todo o mundo a partir de hoje,21

De acordo com o IBGE, outros ramos que cresceram em novembro foram de produtos químicos (5,9%), confecção de artigos do vestuário e acessórios (11,3%), máquinas e equipamentos (4,1%), e impressão e reprodução de gravações (42,9%).

Outros setores foram de couro, artigos para viagem e calçados (7,9%), bebidas (3,1%), produtos de metal (3,0%), outros equipamentos de transporte (12,8%) e metalurgia (1,6%).

No entanto, nove atividades apresentaram queda. Segundo o IBGE, o principal impacto negativo do mês foi registrado nos setores de produtos alimentícios (3,1%), que acumula redução de 5,9% em dois meses de queda, eliminando a alta de 4,0% registrada entre julho e setembro; de indústrias extrativas (2,4%), com o terceiro mês seguido de queda na produção, período em que somou perda de 10,4%; e de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (9,8%), interrompendo dois meses de resultados positivos, quando acumulou expansão de 10,8%.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA