conecte-se conosco


Geral

Autuações por excesso de velocidade crescem 507% nas rodovias estaduais no 1º semestre

Publicados

em

Autuações por excesso de velocidade crescem 507% nas rodovias estaduais no 1º semestre

O número de prisões feitas pelo batalhão no período, somando autuações de trânsito e combate ao narcotráfico, subiu de 196 no primeiro semestre do ano passado para 257, um aumento de 31%
Balanço do Batalhão de Polícia Rodoviária, unidade da Polícia Militar do Paraná, aponta um aumento de 507% nos registros de excesso de velocidade e de 27% de prisões por embriaguez ao volante nas estradas estaduais no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2020.


O balanço também mostra que o trabalho de prevenção a crimes nas rodovias resultou na apreensão de quase 20 toneladas de drogas e no crescimento de 120% nas apreensões de armas de fogo.
O número de prisões feitas pelo batalhão no período, somando autuações de trânsito e combate ao narcotráfico, subiu de 196 no primeiro semestre do ano passado para 257, um aumento de 31%.

EMBRIAGUEZ – A fiscalização reforçada em pontos estratégicos da malha estadual e o uso de etilômetros resultaram no crescimento de registros de infrações relacionadas à direção sob influência do álcool (artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro-CTB) e de crimes mais graves de embriaguez ao volante, em que o motorista tem sua capacidade psicomotora alterada (artigo 306 do CTB).


Segundo balanço do batalhão, nos primeiros seis meses deste ano foram lavrados 199 autos de infração para motoristas sob influência do álcool, contra 175 lavrados em 2020 – um aumento de 14%. Já nos casos mais graves, o crescimento foi de 83 casos (2020) para 105 neste ano, um acréscimo de 27%.
VELOCIDADE – O excesso de velocidade é uma das maiores preocupações do Batalhão Rodoviário. No primeiro semestre houve maciça aplicação de radares móveis para flagrar motoristas irresponsáveis. “Esta infração ainda é a maior inimiga a ser combatida nas rodovias estaduais e, nesse aspecto, temos conseguido evitar acidentes de maior gravidade a partir das fiscalizações e autuações”, afirma o comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária, tenente-coronel Wellenton Joserli Selmer.

O resultado deste trabalho foi o registro de 177.875 imagens de excesso de velocidade, um aumento de 507% se comparado com o mesmo período de 2020, quando foram 29.324 imagens registradas.
A presença maior dos policiais militares nas rodovias estaduais possibilitou o aumento na aplicação de autuações a condutores e veículos irregulares, passando de 57.050 no primeiro semestre de 2020 para 73.317 no mesmo período deste ano, um acréscimo de 29%.


No primeiro semestre deste ano, o batalhão rodoviário intensificou a atuação operacional graças às Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), grupo de policiamento com capacidade de resposta mais ampla contra o crime organizado, principalmente em relação à apreensão de drogas, armas e contrabando. Esta nova modalidade soma-se ao patrulhamento regular já utilizado pelo BPRv e contribui para o incremento nas apreensões.

Como resultado de operações específicas de combate ao tráfico, ações de fiscalização e de policiamento ostensivo rodoviário, foram apreendidas 19,7 toneladas de drogas nos primeiros seis meses deste ano — 2,1 toneladas a mais que no mesmo período do ano anterior, com 17,6 toneladas.
No final de março, o Batalhão de Polícia Rodoviária apreendeu 4,7 toneladas de maconha em meio a uma carga de sementes, em Iporã, no Noroeste. A situação aconteceu durante uma abordagem de rotina, porém na vistoria ao caminhão de carga foi possível localizar 418 fardos da droga em meio às sacas de sementes de chia.

Em junho, outra equipe do Batalhão Rodoviário apreendeu mais 1,4 tonelada de maconha nas cidades de Cianorte e Pérola, também no Noroeste do Estado. Aproximadamente 500 quilos foram localizados com o auxílio de denúncias sobre um veículo abandonado na via, e o restante foi encontrado após um atendimento a acidente de trânsito.
Já a apreensão de armas de fogo nas estradas estaduais mais que dobrou em 2021. Foram cinco nos primeiros seis meses deste ano e 11 no mesmo período de 2020.
Obemdito

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Lamentável: Colisão frontal tira a vida de trabalhador da imprensa
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Governo Ratinho Junior investe R$ 5,94 milhões para apoiar projetos de 1.360 famílias rurais

Publicados

em

Governo investe R$ 5,94 milhões para apoiar projetos de 1.360 famílias rurais

 

São projetos Renda Agricultor Familiar e Inclusão Produtiva Solidária. Objetivo é melhorar a qualidade de vida e as condições de produção de famílias em situação de vulnerabilidade social.
O Governo do Estado destinou, neste ano, R$ 5,94 milhões a iniciativas voltadas à melhoria das condições de vida de 1.360 famílias rurais em situação de vulnerabilidade social.

As ações são dos projetos Renda Agricultor Familiar e Inclusão Produtiva Solidária, desenvolvido pela Secretaria do Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) e executado em parceira com a Secretaria da Agricultura e Abastecimento (Seab) e o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater (IDR-Paraná).

“Seguir buscando a qualidade de vida das famílias rurais e em situação de vulnerabilidade e realizar atividades de inclusão produtiva no meio rural são os principais objetivos desses projetos”, afirma o secretário Ney Leprevost.

Apenas o Renda Agricultor Familiar recebeu R$ 3,7 milhões em investimentos em 2021, com inclusão de 800 novas famílias, além da continuidade no atendimento às incluídas. Em cinco anos, desde seu início, o programa de transferência de renda já atendeu 6.000 famílias em 156 municípios com investimentos de R$ 15 milhões.

“As atividades incluem saneamento básico, produção para autoconsumo e apoio a processos produtivos”, explica o coordenador do programa na Seab, Jefferson Meister, do Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável (Deagro).

O Inclusão Produtiva Solidária tem como foco ações coletivas de grupos familiares e comunitários que incluem famílias indígenas e quilombolas. O projeto, que já contemplou 270 famílias com volume de recursos de R$ 2,24 milhões, beneficiará 560 famílias até o fim deste ano em 49 municípios.

O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, destaca que os projetos são voltados a pessoas em situação de vulnerabilidade social da área rural de regiões com baixo IDH e com renda per capita mensal de até R$ 170.

 

Leia Também:  Mulher confunde colírio com cola e corre ao oftalmologista com olho colado

“Estamos conseguindo ajudar os agricultores familiares, que são prioridades nas políticas públicas do Estado, a crescer e tornar seu produto mais competitivo no mercado”, diz Ortigara.
O Renda Agricultor Familiar é financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com contrapartida do Estado, via Fundo Estadual de Combate à Pobreza.

“Com o apoio financeiro e o acesso à assistência técnica, há possibilidade de superação das dificuldades. Além disso, o engajamento nas atividades ajuda no fortalecimento de vínculos comunitários e na autonomia”, completa Everton de Oliveira, coordenador dos projetos na Sejuf.

CÂNDIDO DE ABREU – Neste mês de setembro, mais quatro famílias de agricultores foram beneficiadas por ações de capacitação do projeto Inclusão Produtiva Solidária, no assentamento Terra e Vida, no município de Cândido de Abreu, região central do Paraná.

Elas deixaram de fazer a colheita manual ao receber uma ensiladeira (colhedora de forragens) que possibilita a colheita das forragens e picagens uniformes e no estágio vegetativo correto.
Dessa forma, além de evitar esforço físico as pessoas das famílias beneficiadas economizarão dinheiro com o corte destas forragens, pois deixarão de ter gastos com aluguel de outra máquina, baixando custos de produção. O IDR-Paraná fez o treinamento técnico dos agricultores.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA