conecte-se conosco


Geral

Banco Central estuda permitir saque de dinheiro em comércios

Funcionaria como uma “compra de dinheiro”

Publicados

em

Hoje, muitos lojistas contratam empresas de transporte de valores para levar o dinheiro das vendas ao banco

O presidente do BC (Banco Central), Roberto Campos Neto, disse nesta quarta-feira (12), em entrevista à Globonews, que a instituição estuda uma forma de permitir saques de dinheiro em comércios, em vez de apenas em bancos ou em caixas eletrônicos.
Campos Neto afirmou que o banco tem recebido queixas de moradores de municípios que não têm agências bancárias, fazendo com que a população nesses locais tenha dificuldades em sacar dinheiro.

Funcionaria como uma “compra de dinheiro”. Por meio do cartão do banco, o consumidor faria o saque diretamente na loja. O custo para o consumidor, afirmou Campos Neto, deve ser o de uma taxa de serviço.
Segundo ele, a medida também beneficiaria lojistas, que poderiam ter redução no custo de transporte de valores, já que parte do dinheiro das vendas do dia seria sacada pelos consumidores.

 


Hoje, muitos lojistas contratam empresas de transporte de valores para levar o dinheiro das vendas ao banco.
Permitindo que correntistas de qualquer banco façam saque em comércio, o volume de dinheiro nas mãos dos comerciantes diminuiria, reduzindo custos de transporte e riscos relacionados à segurança.
Campos Neto afirmou que o sistema ainda está em estudo e não há previsão para o sistema entrar em vigor.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Douglas Fabrício comemora aniversário com encontro de lideranças
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Veículo é autuado com mais de R$ 120 mil em débitos.

Além dos veículos irregulares, um motorista foi encaminhado por embriaguez e por não ter habilitação.

Publicados

em

Uma equipe Guarda Municipal autuou e removeu na noite desta quarta-feira (19) um veículo com mais de R$ 120 mil em débitos atrasados. O dono do automóvel da marca Kia foi autuado e o veículo com placa de Colombo, Região Metropolitana de Curitiba, removido por não estar licenciado.

O motorista foi abordado na Rua Ubaldino do Amaral, no Centro. Ao pedir a documentação, os guardas descobriram que o veículo tinha mais de R$ 97 mil em multas. Além disso, o proprietário nunca havia pago o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e outras taxas.

Também nesta quarta-feira, um veículo da marca Fiat foi autuado e removido em uma blitz no bairro Barreirinha realizada por agentes da Superintendência de Trânsito de Curitiba (Setran). Depois de analisar a documentação contatou-se que o veículo, também com placa de Colombo, tinha mais de R$ 30 mil em débitos.

Além dos veículos irregulares, um motorista foi encaminhado por embriaguez e por não ter habilitação.

Fiscalização

As equipes técnicas da Superintendência de Trânsito (Setran) trabalham de forma intensa para melhorar a segurança viária. São ações de rotina e blitze organizadas para reprimir situações como excesso de velocidade (com o apoio de radares estáticos), falta de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), veículo em mau estado de conservação e o chamado “infrator em série”, que acumula multa de todo tipo.

Documentação

Se o IPVA não estiver pago, o licenciamento anual não é emitido. Flagrado em fiscalização de trânsito, o veículo nesta situação pode ser removido. A medida está prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Além do transtorno gerado pelo guinchamento do veículo, para recuperá-lo o responsável vai precisar pagar todos os débitos, o que inclui o IPVA, o licenciamento anual e multas de trânsito vinculadas, somados aos serviços de remoção e às diárias no pátio, cujos valores variam e podem ser conferidos no site da Setran.

O texto é da Banda B.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mãe se emociona após estranha ajudá-la a acalmar a filha: "Anjo da vida real"
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA