conecte-se conosco


Geral

Cadeirante mudo tenta assaltar relojoaria com arma nos pés – VEJA O VÍDEO

Publicados

em

Cadeirante mudo tenta assaltar relojoaria com arma nos pés – VEJA O VÍDEO

Cadeirante mudo tenta assaltar relojoaria em Canela

Uma tentativa de assalto chamou atenção na tarde da segunda-feira (25) em Canela, na serra gaúcha. Um jovem cadeirante, de 19 anos, tentou assaltar uma relojoaria com uma arma de plástico nos pés. Segundo a Polícia Civil, o homem que é mudo e não tem o movimento das mãos, teria chegado no estabelecimento com um bilhete onde ordenava que o proprietário não chamasse atenção e entregasse “tudo”. Além da arma de brinquedo, ele tinha uma faca enrolada na cadeira de rodas.

Bilhete usado para anunciar o assalto ( O assaltante é mudo)

 


Um funcionário da loja, que fica no Centro da cidade, avisou a polícia, que chegou ao local e conduziu o jovem para registro da ocorrência. Ele prestou depoimento com a ajuda de um familiar, e foi liberado.
O delegado Vladimir Medeiros diz que a Polícia Civil vai investigar o caso já que as circunstâncias devem ser aprofundadas.

“Há de se considerar que, dados os elementos inicialmente trazidos à Delegacia de Polícia, possivelmente seria um crime impossível de ser consumado, especialmente se considerada a condição física do investigado, inclusive em razão da impossibilidade de fuga”, destaca.
O jovem não possui antecedentes criminais. Ele vai responder por tentativa de roubo.

Fonte. G1

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Janiópolis em alerta: 28 casos e duas mortes por Covid na cidade
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Secretário de Educação do Paraná é escolhido por Bolsonaro para assumir ministério

Publicados

em

Secretário de Educação do Paraná é escolhido por Bolsonaro para assumir ministério
Renato Feder já trabalhou como assessor voluntário da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e, antes de assumir a Secretaria no Paraná, era empresário do setor de tecnologia.

 

O presidente Jair Bolsonaro escolheu o secretário de Educação do Paraná e ex-executivo Renato Feder para ser o novo ministro da Educação. A informação foi confirmada por fontes ao Estadão. Feder havia se reunido com Bolsonaro antes da escolha de Carlos Alberto Decotelli, que pediu demissão depois de denúncias sobre incoerências em seu currículo.

A expectativa é que o anúncio seja feito ainda nesta sexta-feira (3). Na semana passada, Bolsonaro havia ligado para Feder para agradecer, mas teria preferido alguém mais velho. Decotelli tem 70 anos e Feder, 42. Feder vai substituir Abraham Weintraub.

 

O presidente havia preterido Feder, segundo fontes, por sua relação com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). O empresário doou R$ 120 mil à campanha do tucano para prefeito. Feder é secretário de Educação no Paraná e chegou a trabalhar na Secretaria Estadual de Educação de São Paulo.

Leia Também:  Deputado Estadual Marcel Micheletto assume a Secretaria de Administração e Previdência do Paraná

 

No Paraná, seus contatos com empresários e terceiro setor fizeram com que fosse indicado a Ratinho Junior (PSD) para o cargo, no ano passado. Durante a pandemia, o Estado é um dos que tem se destacado por ter criado rapidamente um sistema de educação a distância bem estruturado com aulas online.

 

Quem é Renato Feder?

Renato Feder já trabalhou como assessor voluntário da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e, antes de assumir a Secretaria no Paraná, era empresário do setor de tecnologia. Também foi professor da Educação de Jovens e Adultos de matemática por dez anos e diretor de escola por oito anos.

Ele é formado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e tem mestrado em Economia pela Universidade de São Paulo (USP). Por fim, ele também foi presidente da fabricante de eletrônicos Multilaser, em São Paulo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA