conecte-se conosco


GOIOERÊ

Câmara de Vereadores divulga nota de esclarecimento em relação a comentários em redes sociais. Veja o que diz

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Publicados

em

O Poder Legislativo Municipal de Goioerê vem por meio do presente
instrumento esclarecer que as sessões extraordinárias, que serão realizadas
amanhã, dia 1 de abril de 2020, às 11h00, serão para deliberar tão somente os
Projetos de Leis nºs 018 e 019/15/2020, respectivamente que versam sobre a
recomposição inflacionária aos vencimentos dos servidores do Poder Executivo
e Legislativo de Goioerê.

 

 

Quanto ao que está sendo veiculado nas mídias sociais de que os
vereadores deliberariam na referida sessão sobre os projetos de fixação dos
subsídios (Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários e Vereadores), não passa de
embuste, pois neste momento de pandemia que o mundo está vivendo em
decorrência do COVID-19, a saúde pública está em primeiro lugar, nem este
Presidente e nem tampouco os demais membros que congregam o Parlamento
Legislativo de Goioerê, seriam irresponsáveis de colocarem projetos desta
natureza para serem deliberados em sessão fechada ao público.

 

 

Toda a ação da Câmara Municipal de Goioerê é pautada na legalidade e
na transparência pública, todos os projetos estão no portal da Casa, inclusive
os que versam sobre a fixação dos subsídios, porém, há uma diferença gritante
e muito grande entre um projeto estar no portal da transparência e o mesmo
estar em pauta para ser deliberado.

 

Leia Também:  Com apoio do Estado, consórcio de Saúde vai adquirir medicamentos do kit intubação

 

Todos os projetos que são e serão deliberados na Casa, cópia das
pautas são enviadas aos órgãos de imprensa do Município, com antecedência,
então, basta verificarem a pauta para constatarem o que é fato e o que é fake.

 

 

Outrossim, esclarecemos que em conversa com o membro do Parquet,
os projetos que englobam o Plano Diretor foram devidamente retirados da

pauta da sessão de amanhã, ficando tão somente os projetos de leis 018 e
019/15/2020.

Goioerê/PR, em 31 de março de 2020.

Atenciosamente,

WALTER FERNANDES MARTINS

Presidente

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

FAROL

Cascavel monitora caso suspeito de varíola dos macacos

Publicados

em

Cascavel tem um caso suspeito de varíola dos macacos.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informa que o Paraná possui três casos suspeitos de Monkeypox ou varíola dos macacos. São três homens com idades entre 27 e 39 anos que residem em Curitiba, Cascavel e Londrina. O primeiro caso no Brasil foi confirmado em 9 de junho, em São Paulo.

Os pacientes possuem históricos de viagem para São Paulo, França, Inglaterra e Turquia. As amostras dos suspeitos foram coletadas e estão em processo de envio para o Laboratório Central do Estado (Lacen/PR), responsável pela articulação com o Ministério da Saúde para envio ao Laboratório de referência para casos desta doença, em São Paulo.

Há algumas semanas a Sesa fez uma Nota Orientativa nº 01/2022 sobre o fluxo assistencial para os casos suspeitos. O documento foi enviado aos municípios para orientação. Além disso, a Secretaria de Estado da Saúde criou uma página destinada a informações e publicações sobre a doença AQUI.

A varíola dos macacos é uma doença viral e a transmissão entre humanos ocorre principalmente por meio de contato com lesões de pele de pessoas infectadas ou objetos recentemente contaminados. A infecção causa erupções que geralmente se desenvolvem pelo rosto e depois se espalham para outras partes do corpo. Os principais sintomas envolvem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfadenopatia, calafrios e fadiga.

Leia Também:  Com apoio do Estado, consórcio de Saúde vai adquirir medicamentos do kit intubação

AEN-PR

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA