conecte-se conosco


CAMPINA DA LAGOA

Campina da Lagoa registra o primeiro caso de coronavírus e já com óbito

Publicados

em

Campina da Lagoa registra o primeiro caso de coronavírus e já com óbito. Já esta no boletim oficial. Daqui a pouco mais detalhes.

Atualização:

Foi confirmado nesta quinta-feira (09), o primeiro caso de Covid-19 no município de Campina da Lagoa, o paciente J. J. S, 41 anos de idade, morador do distrito de Herveira estava internado em Cascavel em tratamento de Câncer.  

Segundo informações na última segunda-feira (06), foi coletado material para exames no hospital onde o paciente estava internado e na terça-feira (07), ele entrou em óbito e foi sepultado em Campina da Lagoa sem a realização de velório.

Ainda segundo informações os familiares e pessoas que tiveram contatos o paciente estão em isolamento e sendo monitorados.  

No último boletim do estado na data de ontem 08 de abril, havia 01 caso descartado e 01 em investigação no município de Campina da Lagoa.  O boletim divulgado nesta quinta-feira (09), apresenta 01 confirmado, 01 óbito, 02 descartado e 01 em investigação. 

Colaboração:

Portal O vale

Leia Também:  Covid-19: eleição municipal pode ser dividida em 2 dias, diz ministro. Votação pode ser por faixa etária

  

 

 

 

 

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAMPINA DA LAGOA

Covid-19: eleição municipal pode ser dividida em 2 dias, diz ministro. Votação pode ser por faixa etária

Publicados

em

Para reduzir aglomerações e a exposição de eleitores ao novo coronavírus, uma das hipóteses em discussão é que as eleições municipais deste ano tenham dois dias de votação, disse hoje (22), em Brasília, o ministro Luís Roberto Barroso, que assume a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na próxima semana.

Para isso, seria preciso um gasto adicional de R$ 180 milhões, que é o custo estimado pelo TSE de um dia adicional de eleição. Diante do quadro de crise fiscal, porém, outra possibilidade seria expandir o horário de votação, para que dure 12 horas, o que teria um custo menor.

 


“Em vez de irmos até as 17h, irmos talvez até as 20h, e começar às 8h. Portanto, iríamos de 8h às 20h, 12 horas de votação. Esta é uma ideia, é uma possibilidade. Essa não depende de lei, podemos nós mesmos regulamentar no TSE”, disse o ministro, durante uma live promovida pelo jornal Valor Econômico.

Votação pode ser por faixa etária

A Justiça Eleitoral estuda ainda fazer a votação dividida por faixa etária, nos diferentes turnos do dia de votação. Para isso, é preciso “ouvir sanitaristas [para saber] se colocaríamos os mais idosos votando mais cedo, depois os mais jovens na hora do almoço. A gente tentar fazer uma divisão dessa natureza”, disse Barroso, ministro do Supremo Tribunal Federal – STF.

O ministro disse, ainda, que mantém diálogo constante com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre o eventual adiamento do calendário eleitoral. Para a alteração do calendário, é necessária que o Congresso aprove uma proposta de emenda constitucional (PEC).
A definição sobre o adiamento das eleições depende ainda da trajetória da curva de contaminação do novo coronavírus, afirmou Barroso. “Em meados de junho será o momento de se bater o martelo”, finalizou ele.
Agência Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Campina da Lagoa volta a fechar o comércio. O prefeito Milton Luiz Alves anunciou a medida em entrevista à rádio Mais
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA