conecte-se conosco


FAROL

Confira as partes do seu corpo mais afetadas pelo narguilé

Publicados

em

Confira as partes do seu corpo mais afetadas pelo narguilé:
1. Sistema reprodutor

O uso frequente do narguilé causa a perda do libido, impotência, infertilidade masculina. No caso de gestantes, um dos resultados pode ser a má-formação fetal durante a gestação.

2. Sistema digestivo

Gastrite, úlceras, náuseas e constipação intestinal são apenas alguns resultados da toxina do narguilé no corpo.

3. Boca

A fumaça pode também causar sérios problemas bucais, como retração da gengiva, mau hálito, manchas escuras nos dentes e inflação crônica, especialmente porque a mangueira do narguilé costuma ser compartilhada.

4. Sistema respiratório

O ato de fumar narguilé não deixa de intoxicar o organismo. Nos caso do sistema respiratório, por exemplo, os efeitos mais comuns são a diminuição da capacidade respiratória, lesões nas vias aéreas, inflamação nos brônquios e lesões nos alvéolos.

5. Cérebro

No cérebro, as toxinas concentradas causam sonolência e, dependendo da quantidade fumada, insônia. Ansiedade, inquietação, dependência química e psicológica são alguns outros efeitos desse hábito.
E então, você tinha consciência de que isso pudesse fazer tão mal?
Mas, claro, como tudo na vida pode fazer mal em excesso, você precisa conferir ainda esse outro post:

Leia Também:  Nova Cantu Fecha as Entradas de Terá Toque de Recolher a Partir de 19:00 Horas deste sábado

Números assustadores

Só para que você tenha ideia da potência desse cachimbo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que 20 a 80 minutos de narguilé equivale ao mesmo que fumar de 100 a 200 cigarros em termos de exposição a substâncias tóxicas.

O Ministério da Saúde também alerta para os perigos desse hábito. Conforme o órgão, enquanto a quantidade de fumaça inalada quando se fuma 1 cigarro varia entre 0,5 e 0,6 litros, o volume no caso do narguilé é de 0,15 a 1 litro em uma só tragada!

Uso intenso e prolongado

Mesmo que a nicotina seja diluída pela água do narguilé, isso não o torna menos tóxico. O usuário acaba dando tragadas muito mais profundas para atingir os níveis satisfatórios da toxina, fazendo com que quantidades muito maiores de outras substâncias tóxicas presentes na fumaça sejam inaladas.

Isso porque, ao contrário de um palheiro, por exemplo, o narguilé não conta apenas com o tabaco. Com a fumaça do narguilé vem junto substâncias tóxicas como o benzeno e o alcatrão, provenientes do carvão utilizado no preparo do fumo.

Leia Também:  CPI das Fake News ouve criador do blog Terça Livre

 

Se levarmos em consideração que as pessoas que fumam narguilé utilizam o fumo por horas a fio, o tempo de exposição às coisas ruins que ele proporciona ao organismo é muito mais prolongado que no caso do cigarro. É por isso que você deve evitá-lo e saber quais as partes do seu corpo sofrem mais (e como elas sofrem) quando a fumaça do narguilé entra.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BOA ESPERANÇA

Copel suspende corte de luz por 90 dias. Determinação da Aneel em virtude da pandemia coronavírus

Publicados

em

A Copel publicou esta nota:

A Copel suspendeu por 90 dias o corte do fornecimento de energia elétrica por inadimplência.

A medida segue determinação da Aneel.

Vale para residências partir desta quarta-feira.

Serão mantidos, no entanto, os juros e multas quando a conta em atraso foi quitada.

Já a Sanepar adiou por 90 dias a cobrança dos consumidores cadastrados na tarifa social.

 

Veja a nota da Aneel

 

Começa a valer a partir de (25) a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de suspender durante 90 dias o corte no fornecimento de energia elétrica dos consumidores residenciais urbanos e rurais e também de atividades essenciais no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (covid-19). O prazo poderá ser prorrogado, casos haja necessidade.

A decisão foi tomada ontem pela diretoria da agência em reunião extraordinária, realizada por meio virtual, e se aplica às distribuidoras de energia elétrica. Além da proibição da suspensão do fornecimento de energia elétrica, a Aneel também autorizou as distribuidoras a suspender o atendimento presencial e determinou que elas tomem medidas para priorizar os atendimentos telefônicos das solicitações de urgência e emergência e intensifiquem o uso de meios automáticos de atendimento ao consumidor.

Além da suspensão do atendimento presencial, a Aneel também determinou outras medidas para evitar a circulação de profissionais que prestam serviços para as distribuidoras, como a suspensão da entrega da fatura mensal impressa no endereço dos consumidores e a permissão para que as distribuidoras realizem a leitura de consumo em horários diferentes do usual ou mesmo a suspensão da leitura.

Ao adotar a suspensão da entrega da fatura impressa, as distribuidoras deverão enviar fatura eletrônica ou o código de barras aos consumidores, por meio de canais eletrônicos ou disponibilizá-las em seu site ou aplicativo.

Já na hipótese de suspensão da leitura do consumo, o faturamento será feito com base na média aritmética do consumo nos últimos 12 meses. “A distribuidora deverá disponibilizar meios para que o consumidor possa informar a auto-leitura do medidor, em alternativa ao faturamento pela média”, disse a Aneel.

Outra medida aprovada pela agência foi a suspensão dos prazos para que os clientes realizem pedidos de ressarcimento por danos em equipamentos, em razão de problemas no fornecimento de energia. Segundo a Aneel, a medida é necessária, “uma vez que o processo de ressarcimento envolve a circulação de técnicos até a casa do consumidor para verificar o dano.”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Copacol alcança marca de 10 mil colaboradores
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA