conecte-se conosco


JURANDA

Deputado Artagão libera convênio para readequação do Parque do Povo

Durante a reunião, o deputado Artagão Junior, assinou convênio de mais de R$ 1 milhão

Publicados

em

Com a presença de dezenas de lideranças políticas e comunitárias que lotou as dependências da Câmara Municipal, na tarde dessa quinta-feira, 12, o deputado estadual Artgão Junior foi recepcionado pela prefeita Leila Amadei, a vice-prefeita Joelma Demenek e vereadores.

A presença do Secretário de Estado e Meio Ambiente, Márcio Nunes estava confirmada juntamente com o deputado Artagão. No entanto, por problemas de agenda na cidade de Umuarama, Nunes não conseguiu chegar a tempo de participar da reunião.

 

PARQUE DO POVO. Durante a reunião, o deputado Artagão Junior, assinou convênio de mais de R$ 1 milhão. Foram dois convênios: um de R$ 715 mil que serão aplicados no projeto de adequação do Parque do Povo. O segundo convênio no valor de R$ 300 mil será destinado a aquisição de um caminhão coletor de material reciclado.

A Câmara ficou repleta com a visita do deputado Artagão Junior

Na mesma oportunidade o deputado Artagão anunciou a liberação de R$ 117 mil para aquisição de dois veículos que deverá ocorrer em breve.

ADEQUAÇÃO. Os recursos destinado ao projeto de adequação do Parque do Povo vai envolver as seguintes obras:

Instalação de novo alambrado, ajardinamento, pista de caminhada, quadra de areia, campo de futebol suíço, unificação dos três lagos que serão transformados em dois, plantio de grama, esmeralda e outras obras.

 

 

CASA. O projeto prevê ainda a construção de uma casa destinada a moradia, que pode ser para um policial ou mesmo funcionário da Prefeitura, visando com isso proporcionar segurança naquele local, principalmente no período noturno, que passará a contar com sistema de câmera de monitoramento.

Leia Também:  Homem morre e três pessoas ficam feridas em batida frontal na BR-277

O projeto será licitado com expectativa de estar concluído dentro dos próximos 6 meses. E vai transformar o Parque do Povo, aquele local numa mega área de lazer que vai melhorar o visual da entrada da cidade.

 

PRESTANDO CONTAS. Durante a presença do deputado Artagão Junior, aos vereadores e de centenas de pessoas no recinto da Câmara. A prefeita Leila Amadei fez uma ampla prestação de contas dos três primeiros anos da atual administração.

O deputado Artagão destacou o comprometimento da administração da prefeita Leila na transformação nos últimos 3 anos

Conforme a prefeita Leila, foram investidos cerca de R$ 17 milhões em obras de infraestrutura, pavimentação asfáltica, recapeamento, remodelação da área central de Juranda, calçamento com pedras irregulares, remodelação do parque de máquinas, veículos.

Na área de saúde, o Hospital Municipal foi remodelado. Foram adquiridos modernos equipamentos, aquisição de ambulâncias, remodelação das unidades de Rio Verde e Primavera.

A prefeita Leila Amadei assinando o convênio de R$ 715 mil para adequação do Parque do Povo

Foi construído o moderno Centro de Convivência da Terceira Idade; remodelação da entrada da cidade, da Avenida Paraná

Na área de esporte o Ginásio de Esportes foi reformado: foi construída a arena esportiva, quadras de futebol de areia, pista de skate.

Leia Também:  Criminosos violam túmulo e ateiam fogo a caixão de homem recém sepultado

CANTEIRO DE OBRAS. Foram construídas dezenas de obras nos últimos três anos, que transformou Juranda, num verdadeiro canteiro de obras, envolvendo a sede, distritos e comunidades rurais, Vila Rural Alto Alegre e de toda malha viária do município, com calçamento com pedras irregulares. Na área de educação muitas conquistas, foram alcançadas.

A prefeita destacou e agradeceu o apoio da Câmara Municipal o sucesso de sua administração

Enfim, conforme frisou o deputado Artagão Junior, os três anos da administração da prefeita Leila foram executadas mais obras e realizações que a maioria dos pequenos e médios municípios do Paraná, não alcançaram nos últimos 10 anos. “Isso podemos assegurar pois acompanhamos o trabalho da prefeita Leila juntamente com a vice Joelma, a Câmara de vereadores, e, a equipe de assessores e funcionários, que está se transformando a olhos vistos” – afirmou o deputado Artagão Junior que destacou a seriedade e o comprometimento da prefeita Leila em trabalhar em favor da comunidade jurandense. “Uma cidade que orgulha a todos nós” – disse o deputado Artagão Junior.

 

INVESTIMENTOS PARA 2020. Ainda em sua prestação de contas a prefeita Leila anunciou que para este ano de 2020, que fecha a sua administração, estão previstos investimentos de quase R$ 13 milhões envolvendo recursos próprios, estadual, federal e do Finisa.

A corrida da prefeita é para que os projetos sejam iniciados antes do período eleitoral em julho.

T. Região

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BOA ESPERANÇA

Copel suspende corte de luz por 90 dias. Determinação da Aneel em virtude da pandemia coronavírus

Publicados

em

A Copel publicou esta nota:

A Copel suspendeu por 90 dias o corte do fornecimento de energia elétrica por inadimplência.

A medida segue determinação da Aneel.

Vale para residências partir desta quarta-feira.

Serão mantidos, no entanto, os juros e multas quando a conta em atraso foi quitada.

Já a Sanepar adiou por 90 dias a cobrança dos consumidores cadastrados na tarifa social.

 

Veja a nota da Aneel

 

Começa a valer a partir de (25) a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de suspender durante 90 dias o corte no fornecimento de energia elétrica dos consumidores residenciais urbanos e rurais e também de atividades essenciais no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (covid-19). O prazo poderá ser prorrogado, casos haja necessidade.

A decisão foi tomada ontem pela diretoria da agência em reunião extraordinária, realizada por meio virtual, e se aplica às distribuidoras de energia elétrica. Além da proibição da suspensão do fornecimento de energia elétrica, a Aneel também autorizou as distribuidoras a suspender o atendimento presencial e determinou que elas tomem medidas para priorizar os atendimentos telefônicos das solicitações de urgência e emergência e intensifiquem o uso de meios automáticos de atendimento ao consumidor.

Além da suspensão do atendimento presencial, a Aneel também determinou outras medidas para evitar a circulação de profissionais que prestam serviços para as distribuidoras, como a suspensão da entrega da fatura mensal impressa no endereço dos consumidores e a permissão para que as distribuidoras realizem a leitura de consumo em horários diferentes do usual ou mesmo a suspensão da leitura.

Ao adotar a suspensão da entrega da fatura impressa, as distribuidoras deverão enviar fatura eletrônica ou o código de barras aos consumidores, por meio de canais eletrônicos ou disponibilizá-las em seu site ou aplicativo.

Já na hipótese de suspensão da leitura do consumo, o faturamento será feito com base na média aritmética do consumo nos últimos 12 meses. “A distribuidora deverá disponibilizar meios para que o consumidor possa informar a auto-leitura do medidor, em alternativa ao faturamento pela média”, disse a Aneel.

Outra medida aprovada pela agência foi a suspensão dos prazos para que os clientes realizem pedidos de ressarcimento por danos em equipamentos, em razão de problemas no fornecimento de energia. Segundo a Aneel, a medida é necessária, “uma vez que o processo de ressarcimento envolve a circulação de técnicos até a casa do consumidor para verificar o dano.”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Safra de grãos do Paraná deve atingir 23 milhões de toneladas
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA