conecte-se conosco


RANCHO ALEGRE D'OESTE

Deputado Romanelli deve recorrer à Justiça para retirada de praças de pedágio

Publicados

em

Deputado Romanelli deve recorrer à Justiça para retirada de praças de pedágio

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) afirmou, nesta segunda-feira (25), que não descarta adotar uma medida judicial para que o Ministério da Infraestrutura, o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) resolvam a situação das praças de pedágio que estão abandonadas nas rodovias federais do Paraná.

Segundo Romanelli, os órgãos precisam tomar medidas urgentes em relação às estruturas deixadas pelas concessionárias que operavam o Anel de Integração. “Ou resolvem o problema da sinalização e iluminação ou então que as praças desativadas sejam demolidas”, cobrou Romanelli. “Há um atrapalho muito grande dos órgãos federais e não podemos aceitar que a situação fique como está”.
O deputado também manifestou preocupação em relação à demora no processo da nova concessão de rodovias. “Está tudo muito atrasado por culpa do Ministério da Infraestrutura e ANTT, que não forneceram os documentos necessários para a análise do Tribunal de Contas da União”, alertou. “A promessa agora é de que até 20 maio as informações chegarão ao órgão. Mas ainda falta um grande número de dados”.

 

Leia Também:  Ventania em Maringá derruba palanque que receberia Bolsonaro. Veja o vídeo


O TCU, explicou Romanelli, já estabeleceu que o novo prazo para liberação do edital e da minuta dos contratos futuros só acontecerá em agosto. “Não teremos a licitação no cronograma inicialmente prevista. Há uma chance de que o leilão ocorra no último trimestre, mas avalio que, em razão destas dificuldades e também do processo eleitoral, deve ficar para 2023”, apontou.
“O risco da concessão ficar para o ano que vem é grande e, indiscutivelmente, estamos com um problema sério”, acrescentou Romanelli, com o alerta de que as rodovias federais não podem continuar abandonadas pelo DNIT. “O Governo do Paraná está fazendo manutenção e cuidando das rodovias estaduais, para que fiquem em ordem, embora já tenha delegado os trechos que serão pedagiados para a União”.

Obrigação. Romanelli informou ainda que está cobrando medidas da superintendência do DNIT no Paraná, mas o retorno obtido é de que o órgão não tem os recursos garantidos no orçamento para iniciar as obras de conservação do asfalto, sinalização e melhorias da segurança nas rodovias federais.
“O fato concreto é que não estão fazendo aquilo que é obrigação e temos um problema muito sério a ser resolvido, inclusive com a rápida deformação do asfalto”, avalia o deputado. “Em relação às praças, já tivemos acidentes, inclusive com uma morte. A pergunta que fica é: quantas pessoas vão ter que morrer até que o Governo Federal tome uma providência?”.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RANCHO ALEGRE D'OESTE

A Prefeitura de Rancho Alegre do Oeste, e em parceria com o Sebrae, inaugurou na manhã desta terça-feira, 17, a Sala do Empreendedor

Publicados

em

A Prefeitura de Rancho Alegre do Oeste, e em parceria com o Sebrae, inaugurou na manhã desta terça-feira, 17, a Sala do Empreendedor em cerimônia realizada no Centro Cultural, onde ficará funcionará a Sala que terá como gestor o Augusto de Souza Campos.
Participaram da inauguração o prefeito Cassio Zanuto, os vereadores, Antonio Amaro, Antonio Zanuto, Valéria Minervino e o vereador Augusto Campos. Do Sebrae estiveram presentes o Gerente Regional Noroeste, Wendell Gussoni, Gestor de Ambientes de negócios, escritório de Campo Mourão, Sandro Nasser, Gestor de empreendedorismo escritório de Campo Mourão, Gabriel Roscoz e a consultora do Sebrae, Regina Cruz
“Inaugurar a Sala do Empreendedor em nosso município demonstra a união de forças para o desenvolvimento do município” – destacou o prefeito Cassio Zanuto.

 

 

 

A Sala do Empreendedor tem como proposta orientar e informar a população sobre abertura, funcionamento e formalização de empresas, de forma simples e facilitada. Além disso, a Sala garante o acesso de serviços exclusivos aos MEIs, como por exemplo: esclarecimento de como o microempreendedor deve proceder para emitir um alvará de funcionamento e entrega da Declaração do Simples Nacional, ou sobre a emissão de nota fiscal e as obrigações do MEIs junto à Receita Federal.

Leia Também:  A Copel esta doando 5 milhões de reais para o combate ao Coronavírus. Veja no vídeo

 

 

O Gerente Regional Noroeste, Wendell Gussoni, destacou que Rancho Alegre possui 115 microempreendedores e que a Sala do Empreendedor vem para dar suporte aos pequenos negócios que gera riqueza no município. Wendell ainda afirmou que o Sebrae, através da Sala do Empreendedor, está programando uma série de capacitações para o pequeno e micro empreendedor.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA