conecte-se conosco


Geral

Governador Ratinho Junior em ação. Primeiras doses exclusivas para adolescentes de 12 a 17 anos chegam ao Paraná

Publicados

em

Primeiras doses exclusivas para adolescentes de 12 a 17 anos chegam ao Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) recebeu mais 229.320 vacinas contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech na noite desta sexta-feira (24). São 129.870 segundas doses (D2) e 99.450 primeiras doses (D1) para adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades e deficiência permanente.

 

 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) recebeu mais 229.320 vacinas contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech na noite desta sexta-feira (24). São 129.870 segundas doses (D2) e 99.450 primeiras doses (D1) para adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades e deficiência permanente.

Os imunizantes fazem parte da 53ª pauta de distribuição do Ministério da Saúde e desembarcaram no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, às 18h40 e 19h10. De lá, as vacinas foram encaminhadas para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) para conferência. A distribuição está marcada para o sábado.


As doses destinadas à D2 devem completar o esquema vacinal iniciado na 34ª remessa. Os imunizantes com a primeira dose desta pauta foram enviados para as Regionais de Saúde no início do mês de agosto. A nova orientação do Ministério da Saúde é que o intervalo de doses entre a D1 e D2 da Pfizer seja de 56 dias, ou oito semanas. Anteriormente, a recomendação indicava um prazo de cerca de três meses.

A 53ª pauta destinou ao Estado 284.570 vacinas contra a Covid-19. Além destas doses da Pfizer, a remessa inclui 55.250 vacinas da AstraZeneca para D2, que chegaram ao Paraná ainda pela manhã.

24.09.2021 – Chegada de vacinas Cemepar
Foto Gilson Abreu/AEN

ADOLESCENTES – Este é o primeiro lote enviado pelo Ministério da Saúde com doses para imunização de menores de idade. A Pfizer é a única vacina aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunização de adolescentes. No Paraná, a vacinação deste público já havia sido anunciada com a utilização do remanescente da reserva técnica enviada em todas as remessas para os municípios.

Neste momento, seriam vacinados adolescentes com comorbidades de 12 a 17 anos e jovens de 17 anos, sem condições pré-existentes, considerando que as doses disponíveis nos municípios só atenderiam este público.

Após a decisão de seguir com a vacinação de adolescentes, mesmo sem comorbidades, o Ministério da Saúde voltou a incluir a vacinação deste público de forma indistinta no Plano Nacional de Imunizações (PNI) e garantiu que até dezembro todos os adolescentes devem ter recebido pelo menos a primeira dose do imunizante da farmacêutica norte-americana.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Comitiva paranaense participa de fórum de negócios da África e visita Porto de Jebel Ali, em Dubai
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Jovem acorda nua em cama de motel após festa e denuncia estupro

Publicados

em

Jovem acorda nua em cama de motel após festa e denuncia estupro

Vítima prestou depoimento à polícia e passou por exame de corpo de delito
Uma jovem, de 19 anos, denunciou ter sido estuprada após sair de uma festa e acordar em um motel neste domingo (10), em Paranaguá, no Litoral do Paraná. A polícia já está ouvindo pessoas que possuem ligação com o caso. As informações são do JB Litoral.

Segundo o Boletim de Ocorrência registrado na delegacia, a jovem diz ter ido a uma festa com amigas em um local bastante conhecido na cidade na noite de sábado (9). A garota afirma, ainda, que permaneceu com as amigas até as 2 horas da madrugada. Depois disso, porém, não se recorda do que ocorreu.

A jovem relatou à polícia que acordou sem roupas em uma cama de motel e um homem estava ao lado dela. O suspeito teria alegado à garota que a ajudou a sair do bar e a levou para dormir.

Conforme noticiou o JB Litoral, ela percebeu que seu shorts estava rasgado ao se vestir e que sua bolsa com documentos e dinheiro havia sumido. Em seguida, ela teria chorado e pedido ao homem que a levasse para casa.

Vítima já prestou depoimento e passou por exame de corpo de delito – Foto: Diogo Monteiro/JB Litoral
A vítima, já acompanhada de sua mãe, foi atendida em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), pois não conseguia retirar o absorvente que ficou alojado em seu corpo. Na sequência, ela foi encaminhada ao Hospital Regional do Litoral para passar por exames.

Vídeo
Em um vídeo que circula pelas redes sociais, a vítima aparece sendo carregada por dois homens para fora do bar onde estava com as amigas. Algumas pessoas acompanham a saída da jovem.

Preferimos não divulgar o vídeo para preservar a jovem.

Posicionamento do bar
Em nota, o Mahle Bar e Restaurante afirmou que o caso “desagrada” a administração do estabelecimento e afirmou que se solidariza com a família da jovem. Leia abaixo trechos da nota divulgada nas redes sociais:

 

Leia Também:  Caminhonete arranca árvore em colisão; vídeo mostra acidente impressionante

“No dia 09/10/2021, recebemos em nossa casa jovens da cidade, que fizeram muita festa, porém, um episódio que muito nos desagrada aconteceu e é importante que possamos esclarecer à comunidade parnanguara e às pessoas envolvidas nossa posição com relação ao ocorrido.

Apesar da alegada violência ter ocorrido fora das dependências de nosso restaurante, nos solidarizamos com a família e estamos comprometidos com a adoção de medidas ainda mais rigorosas de segurança.

Estamos colaborando ativamente com as investigações pois repudiamos qualquer ato de violência contra a mulher. Todas as imagens do local estão sendo compartilhadas com a Polícia Civil para apuração de responsabilidades e esperamos que a Justiça seja feita.

Nos colocamos à disposição da família e polícia para esclarecimentos necessários.

Grupo Mahle”

Investigação
Em entrevista ao JB Litoral, o delegado Nilson Diniz disse que as investigações sobre o suposto estupro tiveram início no momento em que o Boletim de Ocorrência foi registrado na delegacia.

De acordo com ele, imagens das câmeras de monitoramento do bar onde a vítima estava já foram solicitadas pela polícia.

“A Polícia Civil já tomou todas as ações e medidas necessárias para o início das investigações. A própria mulher que aparece sendo retirada do local já foi ouvida e encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização do exame de corpo de delito”, disse o delegado.

Diniz ainda afirmou que os homens que aparecem carregando a jovem no vídeo já foram identificados.

Da Banda B

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA