conecte-se conosco


Geral

Homem é suspeito de estuprar e engravidar enteada de 11 anos

O fato aconteceu na cidade de Cafelândia

Publicados

em

Foi realizado um Boletim de Ocorrência na Polícia Civil na última terça-feira dia 28, pela mãe de uma criança de 11 anos, que a menina foi vítima de estupro e ainda está gravida de 8 meses.
O suposto responsável pelo estupro é o padrasto da menina de 11 anos, que mora junto com a mãe há 4 anos.
O caso está sendo investigado em segredo de justiça e os nomes dos envolvidos não podem ser divulgados, para não atrapalhar as investigações.
O caso tomou esta repercussão somente agora, porque no primeiro momento a criança de 11 anos alegou que o pai era o irmão do seu padrasto de 14 anos, mas recentemente já no oitavo mês de gestação, ela confessou que o seu padrasto que seria o pai da criança.


O homem suspeito está foragindo o que aumentam a probabilidade de ele ser realmente o pai, o que será comprovado após o nascimento da criança com um exame de DNA.
As autoridades alertam as famílias de Cafelândia e região, para ficarem alertas e tomarem cuidados, porque principalmente neste período de pandemia, que as pessoas estão mais em casa, os registros de casos de agressões e violência sexual estão aumento de forma considerável.
Qualquer pessoa que sofrer um tipo dessas violências citadas devem procurar a Polícia ou, Conselho Tutelar no caso de menores para denunciar.

Fonte Portal O Novo Oeste

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Homem cai no Golpe da Donzela, envia fotos íntimas e perde R$8 mil
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Homem cai no Golpe da Donzela, envia fotos íntimas e perde R$8 mil

Publicados

em

foto ilustrativa

Um novo golpe tem circulado na cidade de Toledo, fazendo vítimas quase todos os dias.
Dessa vez, o “Golpe da Donzela” tem atraído homens que geralmente são casados.
Segundo informações repassadas pela superintendência da Polícia Civil de Toledo, o golpe se aplica da seguinte forma: uma “mulher” se apresenta para a vítima através das redes sociais e começam a trocar mensagens, até conseguir o número de celular.

foto ilustrativa

foto ilustrativa

Os golpistas então começam a enviar fotos intimas, pedindo para que as vítimas enviem também.
Passado algum tempo, outro integrante do golpe entra em contrato com os rapazes, dizendo ser familiar da “mulher”.

Os farsantes alegam que ela seria adolescente e teriam então posse de todas as fotos e mensagens que foram trocadas entre os dois, nome da vítima e redes sociais.
A partir daí os golpistas passam a exigir dinheiro para que o caso não seja levado para as autoridades policiais.
Eles chegam até a enviar vídeos de uma impressora, reproduzindo o que seria um mandado de prisão, no nome das vítimas.

Ainda segundo a Polícia, o golpe já vem sendo aplicado desde o início do ano, e na maior parte dos casos os números de telefones utilizados são do Rio Grande do Sul.
Em algumas das ocorrências registradas, as vítimas chegaram a depositar quantias altas que variam de R$ 5 mil a R$ 8 mil.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Criança de 10 anos é atropelada por trator conduzido pelo pai no Paraná
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA