conecte-se conosco


Geral

Homem passa por cirurgia no coração após pipoca grudar no dente

Publicados

em

Um homem britânico precisou passar por uma cirurgia no coração após uma pipoca grudar em seu dente. Adam Martin, 41 anos, teve uma infecção bacteriana, conhecida como endocardite, depois de remover o milho com uma tampa de caneta, um pedaço de arame e até um prego. Os objetos machucaram a gengiva do bombeiro, que sentiu dores por dias sem procurar um médico.
Segundo a reportagem, Martin apresentou sintomas parecidos aos de gripe, como suor noturno, fadiga, mal estar e dor de cabeça. Só depois disso que procurou pela ajuda de um especialista. Na unidade de saúde, recebeu o diagnóstico da infecção no coração.

 

 

 

 

A doença atinge parte da camada interna do órgão, o endocárdio, que tem contato direto com o sangue interno do coração. Os objetos utilizados pelo britânico para remover a pipoca do dente lhe cortaram a gengiva e as bactérias entraram em seu corpo por meio das feridas.
“Os médicos me disseram que, se eu não tivesse ido ao pronto-socorro, poderia ter morrido em três dias. A infecção já tinha destruído minhas válvulas cardíacas completamente”, relatou à reportagem. A equipe médica tentou tratar o sangramento de Martin com medicamentos, mas a doença já estava avançada. Por isso, a solução foi o procedimento cirúrgico.
A intervenção durou cerca de sete horas para substituir as válvulas danificadas. O bombeiro foi submetido ainda a outro procedimento para tratar um coágulo em sua perna.
Martin agora passa bem e disse que lamenta não ter procurado um dentista logo que percebeu o sangramento. “Eu deveria ter ido ao dentista em primeiro lugar. Não quero que ninguém passe pelo que passei”, relatou Martin. “Tudo aconteceu tão rápido e foi sinistro. Não vou chegar perto de pipoca de novo, com certeza.”
Com informações Metrópoles.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Brasil suspende importação de carne de porco da Alemanha.
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Lei que regula pagamento de auxílio a quem teve redução de salário é sancionada

Publicados

em

Lei que regula pagamento de auxílio a quem teve redução de salário é sancionada

A lei que define as regras para os bancos federais pagarem os benefícios aos trabalhadores atingidos pela redução de salário e jornada ou pela suspensão temporária do contrato de trabalho em razão da pandemia foi publicada no Diário Oficial da União na última sexta-feira, 18.

A norma teve origem na Medida Provisória (MP) 959/2020, aprovada pelo Senado em 26 de agosto, na forma do Projeto de Lei de Conversão (PLV) 34/2020.
A lei permite ao governo federal contratar sem licitação a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil para repassar os recursos aos bancos em que os trabalhadores possuem conta.
De acordo com o texto, se essas instituições financeiras tiverem de depositar os benefícios em uma conta digital de poupança (poupança social), seus titulares terão 180 dias para movimentar o dinheiro antes que ele retorne à União.
Além disso, os bancos, públicos ou privados, não poderão fazer descontos, compensações ou quitação de débitos de qualquer natureza usando os valores depositados pelo governo.
Também ficou estabelecido prazo de dez dias para Caixa e Banco do Brasil fazerem os depósitos, contado da data de envio das informações necessárias pelo Ministério da Economia

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Você acorda mais de duas vezes à noite para fazer xixi? Isso é sinal de alerta!
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA