conecte-se conosco


Geral

Morador encontra cobra jararaca dentro de casa. A serpente é venenosa, e sua picada pode inclusive levar a pessoa à morte

Publicados

em

Animal foi capturado, colocado em uma garrafa e levado a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do município.

 

 

 

 

Um morador de Luiziana, distante 32 quilômetros de Campo Mourão, levou um grande susto na manhã desta segunda-feira (13) após encontrar uma cobra jararaca no interior de sua residência. A serpente é venenosa, e sua picada pode inclusive levar a pessoa à morte.

 


A cobra foi encontrada pelo líder comunitário Nilton Tasca, na cozinha de sua casa. “Levamos um grande susto porque esta espécie é bastante venenosa. Se tivesse alguma criança ou até mesmo animal próximo poderia ser picado”, afirmou o morador, ao comentar que suas duas netas pequenas estão em casa e que poderia ter ocorrido o pior.
Tasca reside na entrada da cidade para quem segue de Campo Mourão. Ele acredita que o animal estava em um terreno baldio que está tomado por mato, ao lado de sua residência. O morador comentou que a cobra deve ter entrado na casa pela madrugada.

“Acordamos de manhã e ela estava na cozinha. Minha esposa até achou que fosse uma minhoca, mas quando fui ver percebi que se tratava de uma jararaca”, afirmou. Segundo ele, a serpente aparenta ser filhote, e tinha entre 10 a 15 centímetros. “Acho que por causa da nossa presença o animal estava bastante agressivo”, frisou.
Tasca capturou o animal que foi colocado em uma garrafa e levado ao Instituto Ambiental de Campo Mourão, que solicitou a ele que levasse à Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do Município para ser solto à natureza. “A minha preocupação é que a mãe dela esteja por perto com mais filhotes”, falou.

Leia Também:  A prefeita Suely Alves Pereira Silva, já definiu a logo da edição 2020 da Expo Rancho. Dias 06,07 e 8 de março

O morador afirmou que os terrenos com mato alto na localidade são de particulares. Além de cobras, o mato pode atrair outros animais peçonhentos como escorpiões e aranhas, além de ratos e baratas, entre outros insetos. “É um verdadeiro descaso o proprietário deixar chegar a esta altura. A prefeitura poderia fiscalizar mais também e fazer a limpeza cobrando posteriormente do proprietário”, comentou Tasca revoltado. Segundo ele, frequentemente são encontrados escorpiões na localidade.
O morador lembrou que o local é bastante frequentado por pessoas de outras cidades que visitam a gruta de Santa Paulina. “Mais um motivo para a prefeitura providenciar o mais rápido possível a limpeza destes lotes, porque várias pessoas podem correr risco de serem picadas a qualquer momento por um animal peçonhento”, cobrou, ao lembrar ainda do problema da dengue. “O terreno com mato alto só serve para juntar lixo, e neste período crítico de dengue, a situação só colabora para proliferação do mosquito [Aedes aegypti]”, acrescentou.

Jararaca
A jararaca (Bothrops jararaca) é uma serpente venenosa que pertence à família Viperidae (Subfamília Crotalinae) e pode ser encontrada no Brasil nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia em ambientes de Mata Atlântica, Cerrado e áreas antrópicas ? mais comum em áreas rurais perto de plantações, mas também podem aparecer em áreas periurbanas.
Possui um padrão de escamas bem caracterizada por desenhos dorsais em “V” invertido escuros bem destacados, orlados de cores mais claras, corpo delgado tendo em media 120 cm de comprimento. Há variação nas cores ao longo de sua distribuição geográfica, com indivíduos apresentando tons cinza, pardo-esverdeados, amarelados e marrons. Geralmente o ventre é claro com manchas irregulares. A jararaca é ativa durante a maior parte do ano e as fêmeas tendem a serem maiores e mais pesadas do que os machos da espécie.
Por Walter Pereira

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Veículo é autuado com mais de R$ 120 mil em débitos.

Além dos veículos irregulares, um motorista foi encaminhado por embriaguez e por não ter habilitação.

Publicados

em

Uma equipe Guarda Municipal autuou e removeu na noite desta quarta-feira (19) um veículo com mais de R$ 120 mil em débitos atrasados. O dono do automóvel da marca Kia foi autuado e o veículo com placa de Colombo, Região Metropolitana de Curitiba, removido por não estar licenciado.

O motorista foi abordado na Rua Ubaldino do Amaral, no Centro. Ao pedir a documentação, os guardas descobriram que o veículo tinha mais de R$ 97 mil em multas. Além disso, o proprietário nunca havia pago o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e outras taxas.

Também nesta quarta-feira, um veículo da marca Fiat foi autuado e removido em uma blitz no bairro Barreirinha realizada por agentes da Superintendência de Trânsito de Curitiba (Setran). Depois de analisar a documentação contatou-se que o veículo, também com placa de Colombo, tinha mais de R$ 30 mil em débitos.

Além dos veículos irregulares, um motorista foi encaminhado por embriaguez e por não ter habilitação.

Fiscalização

As equipes técnicas da Superintendência de Trânsito (Setran) trabalham de forma intensa para melhorar a segurança viária. São ações de rotina e blitze organizadas para reprimir situações como excesso de velocidade (com o apoio de radares estáticos), falta de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), veículo em mau estado de conservação e o chamado “infrator em série”, que acumula multa de todo tipo.

Documentação

Se o IPVA não estiver pago, o licenciamento anual não é emitido. Flagrado em fiscalização de trânsito, o veículo nesta situação pode ser removido. A medida está prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Além do transtorno gerado pelo guinchamento do veículo, para recuperá-lo o responsável vai precisar pagar todos os débitos, o que inclui o IPVA, o licenciamento anual e multas de trânsito vinculadas, somados aos serviços de remoção e às diárias no pátio, cujos valores variam e podem ser conferidos no site da Setran.

O texto é da Banda B.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bolsonaro afirma que chance de ele criar um novo partido é de 90%
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA