conecte-se conosco


JURANDA

Mulher é detida por furto de energia elétrica em Campo Mourão

Publicados

em

Uma mulher foi presa no jardim Copacabana, em Campo Mourão, por furto de energia elétrica. Ao identificar a prática criminosa, popularmente conhecida como “gato”, a Copel solicitou apoio da Polícia Militar.

Funcionários da Copel relataram que durante inspeção do relógio medidor, foi constatado que havia indícios de irregularidades no aparelho. A moradora teria negado a vistoria no padrão de energia, haja vista, que para ter acesso à fiação, havia a necessidade de quebrar parte da alvenaria.

Por esse motivo a Policia Militar foi acionada. Após acessar a fiação, os técnicos da Copel constataram que havia um cano diferente do padrão utilizado pela empresa, o qual tinha a função de desviar a energia de forma irregular, caracterizando o chamado “gato”.

A Copel verificou que há vários meses não havia registro de consumo daquela unidade medidora. A moradora, primeiro momento, disse que não teria energia na casa, no entanto, quando solicitaram para que ela acionasse algum aparelho elétrico na residência, a mesma acendeu uma lâmpada localizada na parte externa da casa.

Leia Também:  Botão do Pânico digital será ampliado para todo o Paraná

Feito a constatação do furto da energia, a moradora e responsável pelo contrato com a distribuidora de energia, recebeu voz de prisão e foi encaminhada para a 16ª Subdivisão Policial para que fossem tomadas a medidas legais cabíveis.

 

Por Tá Sabendo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

BOA ESPERANÇA

Cafezal do Sul e Cruzeiro do Oeste têm casos suspeitos da varíola dos macacos

Publicados

em

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) do Paraná confirmou no boletim epidemiológico desta quarta-feira (10 que aumentou para 52 o número de pacientes com o vírus Monkeypox, que causa a doença chamada de varíola dos macacos.

Atualmente, as cidades com registro da doença no Estado são Curitiba, Maringá, Araucária e Cascavel. O boletim ainda informa que trata-se de 49 homens e três mulheres, com faixa etária entre 20 a 49 anos.

O Estado soma 64 casos descartados e 93 suspeitos, que estão sob monitoramento da Sesa. Destes, 2 suspeitos estão localizados nos municípios de Cafezal do Sul e Cruzeiro do Oeste, que são atendidos pela 12ª Regional de Saúde de Umuarama.

Primeiros casos fora da Capital

Até o dia 3 de agosto, todos os pacientes confirmados com o vírus no Paraná estavam concentrados em Curitiba. Porém, no boletim do dia 4 a Sesa confirmou o 36º paciente –um homem, entre 30 e 40 anos de idade, residente em Maringá. Nos boletins seguintes a secretaria confirmou novos casos em outros municípios, como Araucária e Cascavel.

Por OBemdito 
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Preço de carne ovina não acompanha alta de outras espécies no 1º semestre, aponta boletim
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA