conecte-se conosco


Geral

Operação Carnaval nas estradas inicia nesta sexta-feira

A expectativa é que o fluxo de veículos sofra um aumento de 50%

Publicados

em

O feriado prolongado de Carnaval vai mobilizar todo o efetivo das Polícias Rodoviárias Federal e Estadual nas estradas da região, visando coibir condutas de risco de motoristas que costumam abusar principalmente ao álcool e das ultrapassagens em locais proibidos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fará o lançamento da Operação Carnaval à zero hora desta sexta-feira (21). Já a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), com sede em Maringá, deverá iniciar a fiscalização às 14 horas desta sexta. A expectativa é que o fluxo de veículos sofra um aumento de 50% em relação aos dias e horários normais.


Entre os focos das ações de estão o combate à embriaguez ao volante, o controle de velocidade através de radares portáteis, fiscalização de ultrapassagens indevida e atenção especial ao uso do cinto de segurança. O encerramento da Operação será na próxima quarta-feira (26).
Segundo informou a Assessoria de Comunicação da PRF, policiais rodoviários federais que atuam em áreas administrativas irão reforçar as ações de policiamento ostensivo. Na saída para o feriado, o pico do movimento deve se concentrar no final da tarde e início da noite de sexta-feira (21), e na manhã de sábado (22). O retorno deve ter um maior fluxo entre a tarde de terça (25) e a manhã de quarta-feira (26).
A PRF enviou ofícios às concessionárias de rodovias, solicitando que eventuais obras sejam paralisadas durante o feriado prolongado, à exceção daquelas emergenciais ou que não possam ser interrompidas.
Veículos de carga com dimensões ou pesos excedentes estarão impedidos de transitar em trechos de pista simples, das 16 horas às 22 horas de sexta-feira, na manhã de sábado, das 16 horas às 22 horas de terça-feira e na manhã de quarta-feira.
Balanço de 2019
No Carnaval de 2019, oito pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais do Paraná. Outras 184 saíram feridas. A PRF atendeu 152 acidentes no estado. Desatenção, ingestão de bebidas alcoólicas e desobediência à sinalização foram as causas dos acidentes com mortes atendidos pela PRF durante o Carnaval de 2019. Metade das mortes ocorreu em colisões frontais, resultado de ultrapassagens mal realizadas ou em locais proibidos.
A maior parte dos acidentes fatais ocorreu em pistas simples (6). Dos oito mortos, três eram motociclistas e um, pedestre. O dia mais violento foi o primeiro dia de operação, quando foram registradas seis mortes.

Dicas
Respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos outros veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito. Estas são algumas das principais orientações da PRF para reduzir o risco de acidentes.
A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.
Também é fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo.
Com informações da Assessoria de Comunicação da PRF.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Rodrigo Faro mostra detalhe de mansão e revela intimidade com a esposa
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Boletim coronavírus: Paraná registra dois óbitos pela doença. Sobe de 106 para 125 casos positivos

O novo boletim aponta 19 novos casos confirmados

Publicados

em

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou dois óbitos por coronavírus nesta sexta-feira (27) em Maringá. Os exames foram realizados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen/PR) nesta tarde.

 


Os óbitos referem-se a um homem de 84 anos que apresentou os primeiros sintomas no dia 15/03 e foi internado em um hospital da rede privada de Maringá. A filha dele havia viajado para a Espanha e retornou ao Brasil já doente, sendo confirmada para coronavírus no dia 18/03 com quadro clínico leve e em isolamento domiciliar até o momento.

 

Devido ao contato com este caso confirmado, o paciente passou a ser considerado como caso suspeito e veio a óbito nesta quinta-feira (26). Já o segundo, é uma mulher, 54 anos que viajou para João Pessoa na Paraíba, passou por São Paulo e retornou ao Estado no dia 11/03. Iniciou os sintomas em 14/03 e internou em rede particular de Sarandi no dia 20/03. A paciente veio a óbito nesta quarta-feira (25). Ambos possuíam comorbidades.

NOVOS CASOS – O novo boletim aponta 19 novos casos confirmados, incluindo os dois óbitos. As novas confirmações são em Cascavel (3), Cianorte (1), Guarapuava (1), Curitiba (5), Maringá (4), Iretama (1), Campo Mourão (1), Umuarama (1), Guaíra (1) e União da Vitória (1). Os pacientes têm idades entre 22 e 84 anos. Nove pacientes estão em isolamento hospitalar, seis em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Ao todo o Paraná tem agora 125 casos confirmados – quatro não residem no Estado -, 2.004 descartados e 1.078 em investigação.
NOVA METODOLOGIA – O Paraná adotou nesta sexta-feira (27) um sistema ligado ao Laboratório Central do Estado (Lacen/PR) para contabilidade de dados de todas as notificações que foram recolhidas amostras a fim de precisar os números o mais próximo possível da realidade de suspeitos no Estado.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Rodrigo Faro mostra detalhe de mansão e revela intimidade com a esposa
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA