conecte-se conosco


BOA ESPERANÇA

Pesquisa mostra alimentação que fortalece corpo e reduz riscos da covid

Publicados

em

Pesquisa mostra alimentação que fortalece corpo e reduz riscos da covid

Comer 5 refeições saudáveis por dia pode melhorar a imunidade, ajudar a proteger o corpo e ainda reduzir riscos da Covid-19! – Mesmo assim, é importante tomar a vacina e manter as medidas protetivas.
Foi o que descobriram pesquisadores do King’s College London. Eles conseguiram comprovar que as pessoas que consomem muitas frutas e vegetais e cortam alimentos processados ‘tem até 40 por cento menos probabilidade de adoecer gravemente por causa do coronavírus’.
O estudo, que foi publicado no medRxiv , também envolveu cientistas da Harvard Medical School.

A coautora do estudo, Dra. Sarah Berry, disse: ‘Pela primeira vez, pudemos mostrar que uma dieta mais saudável pode reduzir as chances de desenvolver Covid.’
Os acadêmicos usaram dados de mais de 31.000 participantes que pegaram a Covid no Reino Unido e nos Estados Unidos.
Pesquisa

Os especialistas do King’s College London pediram a 600.000 pessoas que registrassem o que comiam antes do início da pandemia.
Os voluntários foram divididos em cinco grupos com base em quão saudáveis suas dietas eram.
Eles também foram monitorados por nove meses e solicitados a dizer aos pesquisadores se haviam contraído o coronavírus e registrar o quanto ficaram doentes.

Os resultados mostraram que aqueles que comiam mais verduras tinham 40 por cento menos probabilidade de serem hospitalizados e precisarem de oxigênio se estivessem infectados.
E eles tinham 10 por cento menos probabilidade de pegar o vírus.
Os pesquisadores definiram que os mais saudáveis comem duas frutas por dia e três vegetais diferentes.

 

Leia Também:  Final feliz para a onça parda capturada em Goioerê área central da cidade

Alimentos
Eles também ingeriram 200g de peixes gordurosos, como salmão e sardinha, todas as semanas e reduziram ao mínimo os alimentos processados com gordura e açúcar.
Por outro lado, os menos saudáveis comeram menos de dois pedaços de fruta ao longo de uma semana e passaram alguns dias sem comer vegetais.
Eles também evitaram peixes e consumiram mais alimentos processados gordurosos e açucarados do que o recomendado.


Sistema Imunológico
O professor Tim Spector, um dos pesquisadores, disse que “não há necessidade de se tornar vegano” para colher os benefícios de uma alimentação saudável.
Mas ele disse que comer uma dieta rica em vegetais pode ‘melhorar seu sistema imunológico’ e ‘potencialmente reduzir o risco de Covid’.
O professor Spector afirmou: ‘Pessoas que comem dietas de alta qualidade (com baixos níveis de alimentos ultraprocessados) têm uma coleção mais saudável de micróbios em seus intestinos, o que está relacionado a uma saúde melhor.’

Tecnologia
O estudo foi realizado por meio de um aplicativo Covid Symptom Study, da empresa de tecnologia de saúde ZOE, que foi baixado mais de um milhão de vezes.
O software – que permite que as pessoas registrem seus sintomas e se tiveram um teste positivo – é usado para rastrear o surto de coronavírus na Grã-Bretanha.

Resultados
Apenas um quarto testou positivo para o vírus – o restante foi considerado infectado com base nos sintomas que mostraram.
Depois de analisar os resultados eles descobriram que aqueles com as melhores dietas tinham 40 por cento menos probabilidade de sofrer de doença grave e 10 por cento menos probabilidade de pegar o vírus.

 

Leia Também:  Surto de gripe: confira 3 xaropes caseiros que ajudam na recuperação

Do Só Notícia Boa (com informações do Daily Mail)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BOA ESPERANÇA

Acidente com caminhão dos Correios mata motorista

Publicados

em

Acidente com caminhão dos Correios mata motorista

Um caminhão da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos bateu contra uma árvore à margem da rodovia PR-323, entre Sertanópolis e Sertaneja na tarde desta quinta-feira (13). O motorista de 58 anos morreu no local.

 


Ele perdeu o controle da direção e saiu da pista, mas as circunstâncias do acidente ainda serão apuradas pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE). O caminhão do serviço SEDEX da empresa havia saído de Indaiatuba, cidade do estado de São Paulo, e faria entregas em Londrina.
O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Londrina. A vítima era um funcionário terceirizado dos Correios.
Foto e informações ricmais.com.br

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Sociedade Rural confirma realização da Expo Umuarama para 10 a 20 de março
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA