conecte-se conosco


BOA ESPERANÇA

Postos de saúde de Goioerê e toda a região estarão abertos para vacinação contra o Sarampo

Publicados

em

POSTOS DE SAÚDE ESTARÃO ABERTOS NESTE SÁBADO PARA VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO

A Secretaria de Saúde informa a toda a população que neste sábado (15), todas as unidades de saúde estarão abertas das 8h as 17h para a vacinação contra o Sarampo.
Serão vacinadas pessoas de 5 a 59 anos, levar o cartão de vacina (se tiver), e o cartão do SUS.
É muito importante a participação da população para evitar que o sarampo chegue a Goioerê.

O Ministério da Saúde anunciou uma nova fase da campanha nacional de vacinação contra o sarampo. Entre o dia 10 de fevereiro e o 13 de março, crianças e jovens de 5 a 19 anos devem tomar a vacina contra esse vírus.
A recomendação vale para quem não recebeu as duas doses da tríplice viral (que também protege de caxumba e rubéola) adequadamente. Mas atenção: a chamada dose zero, aplicada em bebês de 6 meses a menos de 1 ano em momentos de surto, não entra nessa conta. Ou seja, os pequenos que a receberam seguem precisando tomar mais duas injeções, a partir dos 12 meses de vida.
No dia 15 de fevereiro acontecerá o Dia D. É um sábado em que os postos de saúde estarão abertos para vacinar os brasileiros de 5 a 19 anos. A meta é imunizar 3 milhões de jovens até o fim dessa fase.
Atenção: não é porque o Ministério da Saúde está se concentrando em uma parte da população que outros indivíduos com recomendação para tomar a vacina devem esperar para ir aos postos. Clique aqui para saber quem pode receber sua dose no sistema púbica.
Em 2019, a campanha de vacinação contra o sarampo primeiro se focou em crianças de 6 meses a menores de 5 anos, que têm um maior risco de sofrer complicações dessa infecção. A segunda etapa, em novembro, destinou-se às pessoas entre 20 e 29 anos, um subgrupo que não havia recebido as duas doses com regularidade.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeitura de Goioerê divulga data da distribuição do uniforme e kit escolar
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BOA ESPERANÇA

Copel suspende corte de luz por 90 dias. Determinação da Aneel em virtude da pandemia coronavírus

Publicados

em

A Copel publicou esta nota:

A Copel suspendeu por 90 dias o corte do fornecimento de energia elétrica por inadimplência.

A medida segue determinação da Aneel.

Vale para residências partir desta quarta-feira.

Serão mantidos, no entanto, os juros e multas quando a conta em atraso foi quitada.

Já a Sanepar adiou por 90 dias a cobrança dos consumidores cadastrados na tarifa social.

 

Veja a nota da Aneel

 

Começa a valer a partir de (25) a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de suspender durante 90 dias o corte no fornecimento de energia elétrica dos consumidores residenciais urbanos e rurais e também de atividades essenciais no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (covid-19). O prazo poderá ser prorrogado, casos haja necessidade.

A decisão foi tomada ontem pela diretoria da agência em reunião extraordinária, realizada por meio virtual, e se aplica às distribuidoras de energia elétrica. Além da proibição da suspensão do fornecimento de energia elétrica, a Aneel também autorizou as distribuidoras a suspender o atendimento presencial e determinou que elas tomem medidas para priorizar os atendimentos telefônicos das solicitações de urgência e emergência e intensifiquem o uso de meios automáticos de atendimento ao consumidor.

Além da suspensão do atendimento presencial, a Aneel também determinou outras medidas para evitar a circulação de profissionais que prestam serviços para as distribuidoras, como a suspensão da entrega da fatura mensal impressa no endereço dos consumidores e a permissão para que as distribuidoras realizem a leitura de consumo em horários diferentes do usual ou mesmo a suspensão da leitura.

Ao adotar a suspensão da entrega da fatura impressa, as distribuidoras deverão enviar fatura eletrônica ou o código de barras aos consumidores, por meio de canais eletrônicos ou disponibilizá-las em seu site ou aplicativo.

Já na hipótese de suspensão da leitura do consumo, o faturamento será feito com base na média aritmética do consumo nos últimos 12 meses. “A distribuidora deverá disponibilizar meios para que o consumidor possa informar a auto-leitura do medidor, em alternativa ao faturamento pela média”, disse a Aneel.

Outra medida aprovada pela agência foi a suspensão dos prazos para que os clientes realizem pedidos de ressarcimento por danos em equipamentos, em razão de problemas no fornecimento de energia. Segundo a Aneel, a medida é necessária, “uma vez que o processo de ressarcimento envolve a circulação de técnicos até a casa do consumidor para verificar o dano.”

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:   Nova Rainha da Expo Umuarama é  a bela Mariane Oliveira
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA