conecte-se conosco


Geral

Que tal ganhar R$ 100,00 indicando um amigo para trabalhar na Copacol?

A Copacol lançou  o programa “Quem Indica

Publicados

em

A Copacol lançou  o programa “Quem Indica”. Se você, colaborador, conhece alguém para trabalhar na Unidade Industrial de Aves ou na Unidade Industrial de Peixes, para o cargo de AUXILIAR DE PRODUÇÃO, indique à Cooperativa.

Se o candidato for contratado, você ganhará R$ 50,00, e se ele passar no período de experiência, você irá ganhar mais R$ 50,00.
No momento da entrevista, que será realizada via telefone, a pessoa indicada deve informar o número da sua matrícula;

A pessoa indicada deve ter idade mínima de 18 anos;
Documentação pessoal em dia conforme legislação vigente;

 

Para avaliação de histórico, ter trabalhado na Copacol e Unitá há mais de 6 meses;
O programa não será valido para indicados a trabalhar na modalidade de micro turno.

Fonte: www.copacol.com.br/colaborador/noticias

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PAUTA DIA 06 – 17H: GOVERNO CONFIRMA RECURSOS PARA COMPRA DE EQUIPAMENTOS, UTENSÍLIOS E MOBILIÁRIO PARA ESCOLAS ESTADUAIS
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Grupo é autuado em mais de R$ 3 mil por pescar dourados no rio Piquiri ‘Corredeira do Apertado’

O pescado foi doado ao lar São Vicente de Paulo, de Umuarama

Publicados

em

Atividade predatória ocorria na área conhecida como ‘Corredeira do Apertado‘, em Formosa do Oeste

A pesca de dourado foi proibida por oito anos nos rios paranaenses pelo risco de extinção


Três moradores de Assis Chateaubriand foram flagrados pela Polícia Ambiental com exemplares de dourado, cuja pesca é proibida, no rio Piquiri, na noite desta terça-feira (24).
A abordagem ocorreu na área conhecida como ‘Corredeira do Apertado’, nas imediações de uma Área de Proteção Permanente (APP), em Formosa do Oeste.

 

O grupo estava com três exemplares, que totalizaram mais de 26 quilos. A contravenção resultou em três autos de infração ambiental, no valor de R$ 1,2 mil cada. Ainda são cabíveis sanções criminais por parte do Ministério Público.
O pescado foi doado ao lar São Vicente de Paulo, de Umuarama

(Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)/ P. Umuarama

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Policiais Militares salvam a vida de bebê de 11 dias após se engasgar com leite
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA