conecte-se conosco


Geral

Tragédia: Adolescente invade escola e mata três crianças e uma professora

Publicados

em

Adolescente invade escola e mata crianças em Santa Catarina
Segundo informações da Polícia Civil, três crianças e uma professora foram mortas pelo adolescente. Caso aconteceu em Santa Catarina
Um jovem de 18 anos invadiu uma escola municipal de educação infantil na manhã desta terça-feira (4/5) e matou três crianças, uma professora e uma funcionária, em Saudades, no Oeste de Santa Catarina.
De acordo com a Polícia Civil, o ataque foi feito com um facão e o suspeito foi apreendido após o crime. Em entrevista aos jornalistas no local do crime, o delegado Jerônimo Marçal, responsável pelo caso, relatou que o jovem entrou armado na escola e atacou primeiro a professora, Keli Adriane, de 30 anos.

 

 


Ferida, a mulher correu para a sala onde estavam as quatro crianças, todas menores de 2 anos. Kelli e três crianças morreram no local. Uma outra funcionária da escola foi socorrida em estado grave, mas não resistiu, e uma quarta criança teve ferimentos leves.
Em comunicado, a Polícia Militar disse que após o crime, o jovem teria ferido o próprio pescoço com o facão. Ele foi socorrido e levado ao hospital de Pinhalzinho, cidade vizinha. Segundo a polícia, populares disseram que o jovem sofria bullying, mas nunca tinha estudado na creche. A PM também ressalta que as informações ainda estão sendo apuradas, mas a princípio, não foram encontrados registros policiais do jovem.
A governadora do estado em exercício, Daniela Reinehr, decretou luto oficial de três dias. “Manifesto profunda tristeza e presto minha solidariedade. Determinei que o Governo dê todo o amparo necessário às famílias”, escreveu no Twitter.
O time da Chapecoense também usou as redes sociais para lamentar o caso. “Estamos extremamente consternados com a notícia da tragédia que acaba de acontecer no município de Saudades. Faltam palavras para mensurar a dor que estamos sentindo diante de tamanha atrocidade. Neste momento de profunda dor, estendemos a nossa solidariedade e o nosso desejo de força. O nosso coração e as orações de toda a nação Chapecoense estão com vocês”, declararam.

O município de Saudades tem 9,8 mil habitantes e fica cerca de 600 quilômetros de Florianópolis, capital de Santa Catarina.
Aguarde mais informações
Correio Braziliense

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Enfermeira aplica seis doses da vacina contra a Covid-19 na mesma pessoa
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Homem é preso com material contendo pornografia infantil

Publicados

em

Homem é preso em Umuarama com material contendo pornografia infantil
Delegados da PF falam sobre investigações da Operação Livramento, realizada na manhã desta sexta-feira em Umuarama

Na manhã desta sexta-feira (14) foi comprido um mandado de prisão temporária e dois mandados de busca e apreensão relativos ao crime de pornografia infantil em Umuarama. Os mandados foram emitidos pela 1ª Vara da Justiça Federal da cidade.
O trabalho foi realizado pela Delegacia de Polícia Federal (PF) de Guaíra, que deflagrou a Operação Livramento, com o objetivo de reprimir a prática de crimes de produção, armazenamento e disseminação de material contendo pornografia infantil.

 

Um homem foi detido. A PF não repassou sua identificação e nem a localidade onde o mandado de prisão temporária foi cumprido. Conforme a Polícia Federal, pela natureza do delito o juiz determinou expressamente que as medidas fossem cumpridas com discrição, sem viaturas e uniformes ostensivos, etc.


O Delegado da PF de Guaíra, Fernado Orben Bianco, esteve em Umuarama com os demais policiais. Ele explica que nas diligências na Capital da Amizade foram identificados materiais no computador do investigado que continham imagens e vídeos de pornografia infantil. O homem foi preso e coi conduzido para a Delegacia da PF de Guaíra junto com os materiais apreendidos, onde foi ouvido e permanece a disposição da justiça. Confira o vídeo com o delegado Bianco:
A investigação envolveu policiais de Guaíra e Brasília (Nurcop/DRCC/CGPFAZ) e contou com o auxílio da Interpol, que mantém banco de dados alimentado por países de todo o mundo, cujo objetivo é o combate aos crimes relacionados à pornografia infantil.

 

Leia Também:  Prefeito de Farol Oclecio Meneses contrata empresa para medir a qualidade do asfalto que está sendo entregue

As diligências apontaram casos de abuso infantil registrados em fotos e vídeos, e compartilhados na rede mundial de computadores, através das suas camadas mais profundas, a chamada DeepWeb, sendo possível a identificação de um dos responsáveis pelo compartilhamento.
O Brasil, como país membro da Interpol, aderiu à Resolução 08 da Assembleia Geral da Interpol em 2011, por meio da qual se comprometeu a promover o gerenciamento de material de operações voltadas ao combate ao abuso sexual infantojuvenil de maneira centrada na vítima. No Brasil, a Interpol é representada pela Polícia Federal.

O Delegado-Chefe da PF de Guaíra, Mário Cesar Leal Junior, fala sobre este trabalho de combate à pornografia infantil:
(Assessoria PF e redação OBemdito)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA