conecte-se conosco


CAMPINA DA LAGOA

Uso de cheques no Brasil cai 93% desde 1995 No ano passado, volume de compensações caiu 23%

Publicados

em

Uso de cheques no Brasil cai 93% desde 1995
No ano passado, volume de compensações caiu 23%

O avanço da tecnologia reduziu significativamente a utilização do que um dia foi o meio de pagamento mais tradicional dos brasileiros. Desde 1995, a compensação de cheques caiu 93,4% no país, segundo levantamento divulgado hoje (14) pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban).
A tendência de queda é contínua e não parou nos últimos 26 anos. Em 2021, o volume de compensações caiu 23,7%.
Apesar da queda, a modalidade está longe da extinção. No ano passado, foram compensadas 218,9 milhões de folhas de cheque em todo o país. O volume somou 287,1 milhões em 2020 e chegava a 3,3 bilhões de folhas compensadas em 1995.


Volume financeiro
O volume financeiro das transações com cheques também despencou. Em 1995, o montante movimentado nessa modalidade totalizava R$ 2 trilhões. A quantia caiu para R$ 668,4 bilhões em 2020 e R$ 667 bilhões em 2021.
Um dos principais problemas na utilização de cheques também despencou. O número de devoluções de cheques sem fundos caiu de 56,8 milhões em 1997 (quando a Febraban começou a pesquisar essa série histórica) para 15,2 milhões em 2020 e 13,6 milhões no ano passado.


Tecnologia
Segundo a Febraban, os meios eletrônicos de pagamento conquistaram a preferência dos brasileiros. Os canais digitais (internet e mobile banking) atualmente concentram 67% das transações feitas no país.

Leia Também:  Doença celíaca atinge mais de 2 milhões de brasileiros

Desde o lançamento do Pix, em novembro de 2020, a tendência se intensificou. O sistema de transferência eletrônica instantânea que funciona 24 horas por dia registrou 7 bilhões de transações e movimentou R$ 4 trilhões em pouco mais de um ano de existência. Segundo a Febraban, a ferramenta tem a adesão de 71% dos brasileiros e é bem avaliada, com a aprovação crescendo de 76%, na época do lançamento, para 85% atualmente.
Edição: Fernando Fraga

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CAMPINA DA LAGOA

Mulher recebe planilha de Excel com cobrança de gastos do primeiro encontro

Publicados

em

Mulher recebe planilha de Excel com cobrança de gastos do primeiro encontro
Silvia Vasconcelos saiu do rolê com uma dívida de R$ 45,55 e um grande ranço do homem; vídeo sobre o caso viralizou no TikTok
Silvia Vasconcelos viralizou no TikTok ao contar uma fofoca inusitada sobre si mesma: ela recebeu uma planilha de Excel com a cobrança de gastos do primeiro encontro dias depois de ter saído com seu agora ex-crush.
Há um mês, a jovem publicou um vídeo na rede social em que conta a situação. Na gravação — que tem mais de 144 mil visualizações e quase 8.000 curtidas — há um print da conversa entre os dois, em que é possível ver a planilha montada pelo homem e detalhes dos gastos de cada um.

“Diária Airbnb: R$ 174. Hambúrgueres: R$ 52. Café: R$ 74,49. Breja: R$ 60,42”, eram algumas das despesas listadas por ele no documento. Resultado: Silvia ficou com uma dívida de R$ 45,55 e um grande ranço do boy — tanto que parou de segui-lo nas redes sociais.
Diante da repercussão do caso, ela fez uma nova publicação com os detalhes do que aconteceu. Silvia destacou ainda que houve diversos comentários machistas no primeiro vídeo e afirmou que o problema não é dividir a conta do rolê — mas sim fazer a cobrança depois que o encontro aconteceu, sem nenhuma conversa prévia sobre o assunto.
“Não há problema nenhum em dividir a conta, desde que ela [divisão] aconteça no ato do encontro, não depois”, disse. “E sim, eu paguei os R$ 45,55 porque o moço parecia mais necessitado do que eu. E não, eu não sai nunca mais com esse homem e ele ainda reclamou quando eu parei de seguir ele. O que mostra que não era [uma pessoa] nada legal”, finalizou.
R7

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo disponibiliza telefone e e-mail para dúvidas do auxílio emergencial para empresas
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA