conecte-se conosco


Geral

Volkswagen lança novo Golf GTI com 245 cavalos e câmbio manual

Rodas de 17 polegadas (aros 18 e 19 são opcionais)

Publicados

em

Além dele, versões híbrida, GTE, e diesel, GTD, também foram reveladas. Modelos serão lançados oficialmente no Salão de Genebra, na próxima semana.
A Volkswagen se antecipou ao Salão de Genebra, que acontece na próxima semana, e revelou as novas versões esportivas do Golf 8: GTI, GTD e GTE.
Mais conhecido no Brasil, o Golf GTI agora tem 245 cavalos – são 15 cv a mais do que a geração anterior, que saiu de linha no Brasil no final do ano passado.


• Oitava geração do Golf é lançada na Europa
• Esportivo e híbrido, Golf GTE chega ao Brasil por R$ 200 mil
Ele será oferecido, de série, com câmbio manual de 6 marchas, para a alegria dos puristas. Opcionalmente, há uma transmissão de dupla embreagem e 7 marchas.
GTE para o Brasil?
Porém, as chances de o GTI voltar ao Brasil são bem pequenas. A Volkswagen, como indicou o presidente da empresa na América do Sul, Pablo Di Si, indicou que a preferência deve ser pelo híbrido, GTE, o único Golf vendido atualmente no Brasil.
Mas isso não é tão ruim, pelo contrário. O GTE teve um considerável aumento na potência, saindo dos atuais 204 cv para os mesmos 245 cv do GTI. O motor 1.4 turbo a combustão continua entregando os 150 cv. Porém, o propulsor elétrico agora rende 115 cv.

Leia Também:  Litoral paranaense cancela queima de fogos na passagem de Ano Novo


Vale lembrar que a potência de veículos híbridos nem sempre é a soma dos dois motores. Além disso, o GTE pode ser carregado na tomada, e rodar até 60 km no modo 100% elétrico, graças ao aumento de 50% na capacidade da bateria. A transmissão é de dupla embreagem e 6 marchas, criada especialmente para veículos híbridos.
Já o Golf GTD, versão esportiva, mas com motor a diesel, agora tem 200 cv em seu 2.0 de 4 cilindros. Os três modelos alcançam a velocidade máxima de 210 km/h.
Assinatura nas luzes

A principal característica visual dos Golf esportivos é o conjunto de 10 lâmpadas auxiliares de LED, posicionadas na tomada de ar inferior do hatch – 5 de cada lado.
Além disso, a tradicional “maquiagem” esportiva foi preservada. O nome Golf foi suprimido. Em seu lugar, a tampa do porta-malas ostenta apenas a sigla correspondente à versão: GTI, GTE ou GTD.
A temática das cores também está presente. Uma fina barra logo acima da grade indica qual versão se trata. Ela pode ser vermelha para o GTI, azul para o GTE ou prata para o GTD. Essa mesma barra recebe, pela primeira vez, iluminação por LEDs.

Leia Também:  Jovem é encontrada morta com o nariz e e pescoço quebrados em casa


Mais tecnologia

A Volkswagen também caprichou no pacote tecnológico. Agora, as versões esportivas contam com quadro de instrumentos digital de 10,25 polegadas e central multimídia de 10 polegadas.
Todas as versões esportivas do Golf vêm de fábrica com alerta de mudança de faixa, frenagem automática com detecção de pedestres, ar-condicionado digital, faróis de LED e rodas de 17 polegadas (aros 18 e 19 são opcionais). E os bancos de tecido com tema xadrez também está presente.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Morador de Cascavel vende as portas de casa para ver Anitta no Rock in Rio

Publicados

em

Para visitar a cantora Anitta, o cascavelense Dyego Máximo provou que não há barreiras que o impeçam de alcançar seu objetivo – e muito menos portas. Ele, que foi ao show da artista no Rock in Rio Lisboa, ao se esquecer de parcelar a fatura das despesas de volta do país europeu, ficou frente a frente com o desespero. A solução que ele encontrou foi vender as portas do apartamento em que vive.

“Me arrependo? De forma alguma!”, afirma o morador, que encara a situação como um investimento, e ainda recomenda a experiência de ir a um Rock in Rio para outras pessoas.

Ele contou, em entrevista ao portal Catve, que o feito de ir ao show da cantora fazia parte de uma promessa feita em 2017. Dyego já havia as passagens de ida, porém esqueceu de comprar a de volta, e teve que obtê-las de última hora, o que fez com que ele esquecesse de parcelar o pagamento.

Quando a fatura chegou, não havia para onde correr. Ele decidiu então vender as portas internas do seu apartamento – que ele já pretendia trocar eventualmente – para quitar a dívida. “Luxar na Europa sem dever no Brasil”, completa o jovem.

Leia Também:  Caixa vai lançar programa de financiamentos de até R$ 2 mil

(Redação e informação Catve)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA