conecte-se conosco


Geral

Morre aos 58 anos, o radialista e comunicador, Ely Rodrigues de Campo Mourão

Publicados

em

Morre aos 58 anos, o radialista e comunicador, Ely Rodrigues

Ely Rodrigues havia sido internado na semana passada e recebeu o implante de um stent em uma artéria do coração

Vítima de um infarto fulminante, morreu na tarde desta sexta-feira, o radialista e comunicador, Ely Rodrigues Daniel, 58. Ele faleceu no pátio da Farmácia São João, no centro da cidade, onde havia chegado para comprar medicamentos.

A equipe do Samu foi acionada e prestou atendimento, com cerca de uma hora de massagens cardíaca, mas Ely não sobreviveu. Uma das vozes mais marcantes do rádio mourãoense, Ely Rodrigues havia sido internado no último dia 11 deste mês, no Hospital Pronto Socorro de Campo Mourão, onde passou por procedimento cirúrgico para implantação de um stent em uma artéria do coração.

 

– Foto: Tribuna do Interior

Na terça-feira (22), ele recebeu alta do hospital e se recuperava em casa. Ely apresentava o programa matinal “T News”, transmitido todas as manhãs pela “Radio T”. O radialista enfrentava problema cardíaco há vários anos e até já havia feito procedimento cirúrgico.

Leia Também:  Milionário da dupla Milionário & Jose Rico fala do inicio da carreira em Goioerê

Ely Rodrigues nasceu no dia 15 de janeiro de 1964, em Peabiru e reside em Campo Mourão, desde 1970. Começou a carreira profissional na Rádio Humaitá, passando depois para a rádio Rural. Ele era casado casado com a professora Rosiane Cristina Pereira do Nascimento Daniel, desde 1990, com quem tinha uma filha.

O prefeito Tauillo Tezelli, lamentou a morte do radialista, a quem considerava como um membro da família. “É um dia muito triste para Campo Mourão. É como se a gente tivesse perdido um irmão, alguém da família. O Ely era líder de audiência no rádio há mais de 30 anos. A gente era entrevistado por ele e depois saia na rua, todo mundo dizia que tinha ouvido no Ely. No domingo ainda estive com ele no hospital e conversamos por mais de duas horas. Uma pessoa que vai fazer muita falta”, lamentou o prefeito, que decretou luto oficial no município.

Tasabendo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Homem sofre queimaduras e é encaminhado em estado grave ao hospital após incêndio destruir casa, em Londrina

Publicados

em

Um homem foi encaminhado ao Hospital Universitário de Londrina, no norte do Paraná, com queimaduras graves após um incêndio que destruiu uma casa, na manhã desta quarta-feira (29).

O local, segundo o Corpo de Bombeiros, estava abandonado havia cerca de dois anos, e pessoas em situação de rua ocupavam o prédio.

Os bombeiros informaram que as pessoas que ocupavam o local começaram a catar materiais recicláveis e depositavam as embalagens e outras peças na casa para, depois, encaminhar para venda.

No momento do incêndio, a vítima estava dormindo na residência abandonada.

O imóvel não possui rede de fiação elétrica, então, segundo os bombeiros, a suspeita é de que outro tipo de material pode ter dado início ao fogo, como algum cigarro aceso.

Os muros de alvenaria contiveram o fogo, fazendo com que o incêndio não se espalhasse para as casas ao redor.

Os bombeiros controlaram o incêndio durante a manhã e utilizaram mais de 30 mil litros de água nos trabalhos.

Por G1

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeitura de Guarapuava adota lockdown até o fim do mês para conter onda de Covid-19
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA