conecte-se conosco


CAMPINA DA LAGOA

Ladrões furtam R$ 1 milhão em defensivos agrícolas de empresa na região de Goioerê

Publicados

em

Na madrugada desta quinta-feira a Empresa AgroMais, situada na Avenida das Industrias, foi vítima de uma ação criminosa que causou um prejuízo estimado em mais de um milhão de reais.

Segundo as primeiras informações repassadas pelos proprietários e pela Polícia Militar, por volta da zero hora os criminosos chegaram ao local e adentraram pela cobertura e desligaram o sistema de monitoramento de alarme e câmeras de segurança do local.

Ainda segundo as informações, os indivíduos ficaram no local até as três horas da madrugada e neste período ninguém acionou a Polícia Militar, que teve conhecimento somente pela manhã.

Um vizinho informou aos proprietários e a polícia que próximo das três horas percebeu um caminhão branco com uma lona azul chegando e adentrando pelo portão e saindo cerca de 30 minutos depois.

Segundo os proprietários da empresa, aproximadamente R$ 1 Milhão de Reais, foram furtados. “Os criminosos sabiam o que estavam roubando, pois levaram apenas os defensivos mais caros, deixaram para trás outros produtos” – comentou um dos proprietários.

Leia Também:  Aterro Sanitário vai receber 190 metros de cerca de arame

A Polícia Militar acionou as equipes de reforço do 11º Batalhão de Campo Mourão e as Patrulhas Rurais da região e trabalham em diligencias no intuito de encontrarem os suspeitos ou pistas deles para que seja repassada a Polícia Civil, até o fechamento desta matéria ninguém havia sido preso ou localizado. (Portal O Vale).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

BOA ESPERANÇA

Cafezal do Sul e Cruzeiro do Oeste têm casos suspeitos da varíola dos macacos

Publicados

em

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) do Paraná confirmou no boletim epidemiológico desta quarta-feira (10 que aumentou para 52 o número de pacientes com o vírus Monkeypox, que causa a doença chamada de varíola dos macacos.

Atualmente, as cidades com registro da doença no Estado são Curitiba, Maringá, Araucária e Cascavel. O boletim ainda informa que trata-se de 49 homens e três mulheres, com faixa etária entre 20 a 49 anos.

O Estado soma 64 casos descartados e 93 suspeitos, que estão sob monitoramento da Sesa. Destes, 2 suspeitos estão localizados nos municípios de Cafezal do Sul e Cruzeiro do Oeste, que são atendidos pela 12ª Regional de Saúde de Umuarama.

Primeiros casos fora da Capital

Até o dia 3 de agosto, todos os pacientes confirmados com o vírus no Paraná estavam concentrados em Curitiba. Porém, no boletim do dia 4 a Sesa confirmou o 36º paciente –um homem, entre 30 e 40 anos de idade, residente em Maringá. Nos boletins seguintes a secretaria confirmou novos casos em outros municípios, como Araucária e Cascavel.

Por OBemdito 
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Goioerê ganha uma nova equipe de ciclismo ( MTB)
Continue lendo

GOIOERÊ

Rancho Alegre D`Oeste

Juranda

Quarto Centenário

Boa Esperança

Farol

MAIS LIDAS DA SEMANA